Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Pedro Westphalen defende rápida aprovação de regras para pesquisas com humanos

Publicada em 19/04/2024

  • Pedro Westphalen defende rápida aprovação de regras para pesquisas com humanos

O projeto de lei (PL) que cria regras para pesquisas com seres humanos e o controle das boas práticas clínicas por meio de comitês de ética em pesquisa (PL 6.007/2023) será analisado em regime de urgência pelo Plenário do Senado. A proposta tem como objetivo agilizar a liberação de pesquisas clínicas no Brasil garantindo a segurança para os pacientes.

Relator do PL na Câmara, o deputado federal Pedro Westphalen (Progressistas-RS) defende a rápida aprovação do projeto. Para ele, o avanço da pauta é fundamental para impulsionar a pesquisa nacional e para dar respostas a tantas famílias que não veem possibilidade de cura para seus familiares.

“A proposta é um salto gigantesco para a pesquisa clínica e coloca o país no patamar dos países desenvolvidos, resolvendo entraves burocráticos existentes. Vai beneficiar pacientes de doenças como câncer, Alzheimer e Parkinson, por exemplo, que terão uma nova esperança a partir de medicamentos mais modernos”, destaca Westphalen.

“Quanto antes for aprovada essa proposta, melhor, pois o país tem muito a ganhar com esse avanço. Será a ciência vencendo a burocracia. E quem tem câncer tem pressa”, acrescenta.

O requerimento de urgência (REQ 1333/2024) para o projeto foi apresentado na quarta-feira (17) em no Plenário pelo senador Dr. Hiran (PP-RR), relator do texto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O projeto é de autoria da ex-senadora Ana Amélia (PSD-RS) e foi aprovado na Câmara no fim do ano passado, sob a relatoria de Westphalen.

Atualmente, o processo de liberação para realização de uma pesquisa no país leva cerca de 215 dias e precisa do aval de dois órgãos. Com a mudança proposta pelo PL, o prazo deverá ser reduzido para 90 dias.

Para Dr. Hiran, a regulamentação do tema permitirá benefícios sociais e econômicos. O deputado acrescenta que a mudança mais importante no relatório aprovado pela CCJ é a ampliação do âmbito das pesquisas clínicas da área de saúde para qualquer área do conhecimento. Com a aprovação do requerimento de urgência, o texto deixará de passar pela Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) e pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e vai direto para o plenário.

 

Com informações da Assessoria do Deputado

Paulinho Barcelos

Rádio Jornalismo – Rádio Cruz Alta

Grupo Pilau de Comunicações

prumo condominios
ROSMER PALACE HOTEL

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface