Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Exame para Dengue: Como é feito e onde fazer?

Publicada em 29/02/2024

  • Exame para Dengue: Como é feito e onde fazer?

As pessoas que apresentarem sintomas de dengue devem procurar atendimento nas Estratégias de Saúde da Família (ESFs) ou na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Após avaliação médica e identificação de caso suspeito de dengue, o paciente pode fazer o exame gratuitamente de detecção da doença, que é disponibilizado pelo SUS através do agendamento realizado pela Vigilância Epidemiológica do município.

Os atendidos pelos ESF’s já saem da unidade com o exame agendado após a consulta. Já para os atendimentos realizados pela UPA ou pelos hospitais, os pacientes notificados como casos suspeitos de dengue serão contatados posteriormente pela Vigilância para agendar o exame, informando horário e local que será realizado.

Segundo a secretária Municipal de Saúde, Daura Melissa Westphalen, os pacientes atendidos na unidade de Saúde de referência ou na UPA são identificados como casos suspeitos. “A partir da suspeita da doença, as unidades informam a Vigilância Epidemiológica, a qual realizará o agendamento do Exame após o sexto dia de início dos sintomas, conforme preconiza a Secretaria Estadual da Saúde”, explica a secretária.

A secretária Daura reforça, ainda, a importância dos pacientes, mesmo com quadro de melhora dos sintomas, realizarem a coleta do exame, para confirmação ou descarte do caso. “A confirmação do caso suspeito de dengue se dará sempre a partir do exame específico para a doença. Testes como prova do laço e exames laboratoriais, hemograma e contagem de plaquetas servem apenas para acompanhar o caso suspeito e identificar sinais de agravamento”, salienta.

Todos os pacientes suspeitos devem seguir as orientações realizadas durante a consulta com o médico: manter repouso, realizar hidratação (água ou soro de hidratação oral, conforme orientação médica), fazer uso de repelente ou roupas de manga longa, realizar os exames de confirmação do diagnóstico e acompanhamento. Por se tratar de uma doença potencialmente grave, em caso de piora dos sintomas, dor abdominal, sangramentos, desmaios, a pessoa deve retornar imediatamente ao serviço de saúde para reavaliação.


Com Informações da Prefeitura Municipal

Rádio Jornalismo – Rádio Cruz Alta

Grupo Pilau de Comunicações

ROSMER PALACE HOTEL
Criação de Lojas Virtuais
CLARO

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.