Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

VERÃO 2024: Estado tem 08 pontos impróprios para banho dos 91 analisados

Publicada em 03/02/2024

  • VERÃO 2024: Estado tem 08 pontos impróprios para banho dos 91 analisados

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) divulgou, na sexta-feira (2/2), o oitavo boletim do projeto Balneabilidade da temporada 2023/2024. Dos 91 pontos analisados no Estado, 83 estão próprios para banho e oito apresentam condição imprópria. São eles:

Barra do Ribeiro - Praia Recanto das Mulatas - Lago Guaíba

Candelária - Balneário Carlos Larger - Rio Pardo

Dom Pedrito - Praia Passo Real - Rio Santa Maria

Pelotas - Valverde - Trapiche

Pelotas - Valverde - Av. Sen. Joaquim A. de Assunção

Santa Vitória do Palmar - Barra do Chuí

Santa Vitória do Palmar - Balneário do Porto - Lagoa Mirim

Torres - Praia da Cal - Av. Independência

Voltaram à condição própria nesta semana um ponto em Xangri-lá (Rainha do Mar) e dois pontos na cidade de Imbé (Mariluz e Santa Terezinha), no Litoral Norte.

A Praia da Cal, em Torres, única que segue imprópria na região, registrou baixos valores da bactéria Escherichia coli nas últimas duas semanas. Se assim continuar, voltará a estar balneável a partir do próximo boletim.

Já Valverde - Trapiche, em Pelotas, ponto que aparece na lista de impróprios desde o primeiro boletim, divulgado em 15 de dezembro, vem apresentando altos valores e, portanto, não tem perspectiva de mudança na classificação no mês de fevereiro (mais informações sobre como funciona a análise estão mais abaixo).

O mergulho nesses locais oferece riscos à saúde. A recomendação é que os banhistas evitem pontos impróprios e arredores, especialmente junto às águas que chegam às praias por tubulação, arroios ou rios. O alerta vale principalmente para crianças, idosos e pessoas com baixa imunidade. Os sintomas mais comuns após o banho em áreas contaminadas são diarreia, dor abdominal e enjoos.

O monitoramento da qualidade da água é feito semanalmente, e os boletins são divulgados sempre às sextas-feiras no site da Fepam, mídias sociais e no web aplicativo Balneabilidade.

Os avisos de local próprio ou impróprio para banho também devem estar em destaque em placas informativas fixadas nos pontos de coleta de água. A instalação das placas e atualização do resultado da semana (próprio ou impróprio) é de responsabilidade das prefeituras, já que essa é uma questão de saúde pública.

Recomendações aos banhistas:

Entre na água apenas em local com condição PRÓPRIA para banho.

Evite tomar banho nas primeiras 24 horas após chuvas intensas, em saídas de córregos ou rios que afluem nas praias, pois as águas podem estar contaminadas por esgotos domésticos.

Não tome banho em locais com concentração de algas, pois podem conter toxinas prejudiciais à saúde.

 

Com Informações do Governo do Estado do RS

Paulinho Barcelos

Rádio Jornalismo – Rádio Cruz Alta

Grupo Pilau de Comunicações

prumo condominios
CLARO
Rádio Cruz Alta

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface