Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Cruz-Altense é vítima de feminicídio em Balneário Camboriú na noite do sábado

Publicada em 21/01/2024

  • Cruz-Altense é vítima de feminicídio em Balneário Camboriú na noite do sábado

Na noite do sábado (20), a tranquila Rua Firmino Taveira Cruz, situada no bairro São Judas Tadeu, em Balneário Camboriú, foi  transformada em cenário de uma chocante ocorrência: um feminicídio seguido por uma tentativa de homicídio.

As vítimas deste terrível episódio foram identificadas: a Cruz-Altense Flavia de Paulo Carvalho, de 46 anos, perdeu a vida, e seu filho, uma criança de apenas 10 anos, ficou gravemente ferido.

O autor do crime, homem de 50 anos, já tinha um histórico de agressões contra Flavia, inclusive com o uso de um facão e um pedaço de madeira em abril de 2023, na cidade de Pinhão/PR, apesar da existência de uma medida protetiva.

A Polícia Militar, alertada sobre o incidente, rapidamente chegou ao local e se deparou com uma cena desoladora. A residência estava manchada com vestígios de um ato brutal, e sangue espalhado por todo o ambiente.

Após uma inspeção cuidadosa, os policiais encontraram o agressor refugiado em um dos cômodos. Armado com um escudo balístico, a equipe conseguiu deter o mesmo, que, dominado por um ciúme destrutivo, havia atacado Flavia com uma faca, provocando-lhe ferimentos mortais no peito. A arma do crime foi encontrada escondida em uma mochila, ainda com resíduos sanguíneos.

A tensão se estendeu para fora da casa, onde a população, enfurecida com o crime, ameaçava fazer justiça com as próprias mãos. A ação pronta da polícia impediu que a situação escalasse, garantindo que o autor fosse transportado até a Delegacia de Polícia Civil.

O drama familiar revelou-se ainda mais trágico com a descoberta de que o filho de Flavia, na tentativa desesperada de proteger a mãe, também foi ferido pelo agressor. O menino foi imediatamente levado ao Pronto Atendimento da Barra, onde, infelizmente, foi confirmada a morte de sua mãe e a gravidade de seus próprios ferimentos, exigindo sua transferência urgente para o hospital Ruth Cardoso.O estado da criança é considerado grave.

O homem, em seu depoimento, admitiu ter cometido o crime após descobrir mensagens no celular de Flavia, alegando ter agido por impulso e ferido a criança por esta tentar intervir.

 

Com Informações dos Repórteres Paulo Roberto e Fábio Marangon

Paulinho Barcelos

Rádio Jornalismo – Rádio Cruz Alta

Grupo Pilau de Comunicações

prumo condominios

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface