Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

INSEGURANÇA EM IJUÍ: em menos de uma semana 05 Homicídios no município

Publicada em 06/11/2023

  • INSEGURANÇA EM IJUÍ: em menos de uma semana 05 Homicídios no município

 A semana que passou foi de muita tensão no setor de segurança pública de Ijuí. Desde a última segunda-feira (30) até a madrugada de sábado (3), cinco pessoas foram mortas no município. Dos cinco homicídios, ao menos quatro deles tem relação com a guerra das facções na cidade.

A movimentação começou na madrugada de segunda-feira (30), quando um homem de 23 anos, natural de Guaporé, foi morto a tiros no beco da Jarda, bairro Lambari.

As mortes seguiram na terça-feira (31), quando dois homens foram mortos e outros dois ficaram feridos após serem baleados, num bar, à rua Marechal Mallet, esquina do Instituto Penal de Ijuí, antigo albergue, imediações do 27º GAC. Uma das vítimas fatais, Éder Soares Batista, tinha apenas 15 anos e morreu no local. Ele era natural de Alegrete. O outro baleado, Alberto Aleino de Oliveira, de 52 anos, foi levado pelo Samu para o Hospital de Clínicas de Ijuí – HCI – onde faleceu cerca de três horas depois de ser baleado. Ele era proprietário do bar e natural de Ijuí.

A semana de tensão seguiu com mais uma ocorrência, o quarto homicídio da semana em Ijuí, que aconteceu na quarta-feira (1) devido a um desentendimento entre vizinhos. Um homem foi assassinado com golpe de faca no meio da tarde, numa residência, à rua Tenente Ananias de Barros, bairro São José de Ijuí. Foi morto, José Luiz Quaresma, de 52 anos, natural de Ajuricaba. Ele levou uma facada no peito, no interior da casa. Informação da Brigada Militar indicam que ele e o suspeito estavam juntos na casa, quando se desentenderam. O acusado, de 53 anos, natural de Ijuí, possui diversos antecedentes criminais e foi preso logo em seguida.

O quinto homicídio da semana vitimou uma jovem de 19 anos, identificada como Samira Silveira Rodrigues. Ela foi morta a tiros, dentro de sua própria casa, por volta da meia noite de sábado, dia 04. O fato aconteceu na rua Guilherme Osvaldo Sabo, próximo à Penitenciária Estadual Modulada de Ijuí, no bairro Luiz Fogliatto. Um Volkswagen/Gol de cor prata parou em frente a residência da mulher, um homem saiu do veículo, arrombou a porta da casa e disparou diversas vezes contra a vítima. Ela morreu na hora. Samira possuía passagens policiais, mas não por crimes relacionados ao tráfico de drogas.

Em recente entrevista à Rádio Progresso de Ijuí, O Capitão da Brigada Militar, Gilmar Bischoff, afirmou que a transferência de presidio duma liderança de um grupo criminoso deve ter reflexos diretos na redução dos índices de homicídios em Ijuí. Bischoff disse que esse homem que integra uma determinada facção criminosa já esteve preso na Modulada de Ijuí mas precisou ser transferido a um presidio de alta segurança em Porto Alegre, porém, mesmo assim ele conseguia acesso a telefone celular. Agora ele foi novamente transferido, dessa vez a um presidio de Canoas, onde ele não terá acesso a aparelho celular. O capitão da Brigada Militar de Ijuí disse que sabe que muitas ações tem origem de dentro da prisão, e que a transferência de local deve reduzir o índice de mortes em Ijuí.

 

Com Informações da Rádio Progresso de Ijuí e Caçadores de Notícias

Paulinho Barcelos

Rádio Jornalismo – Rádio Cruz Alta

Grupo Pilau de Comunicações

Rádio Cruz Alta
prumo condominios
CLARO

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface