Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Audiência pública debate papel das Universidades Comunitárias no RS

Publicada em 08/07/2023

  • Cruz Alta recebe audiência pública para debater o papel das IES

A Universidade de Cruz Alta foi sede da 4ª edição da Audiência Pública que tem percorrido o Estado para debater o papel das universidades comunitárias no Rio Grande do Sul. O evento realizado na tarde da sexta-feira (7), reuniu cerca de 240 pessoas, entre representantes das instituições de Ensino Superior, autoridades educacionais, políticas e empresariais, representantes de Coredes, docentes e acadêmicos. 

A Audiência é promovida pela Comissão Especial das Universidades Comunitárias da Assembleia Legislativa em parceria com o Consórcio das Universidades Comunitárias do Rio Grande do Sul (Comung). O encontro realizado em Cruz Alta foi uma parceria entre a Unicruz, a Universidade de Ijuí (Unijuí), a Universidade de Passo Fundo (UPF) e a Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI).


A acolhida aos participantes foi no  Salão Nobre do Campus da Unicruz e contou com a participação de representatividades de diversos municípios como Sarandi, Marau, Rio da Várzea, Santiago, São Luiz Gonzaga, Vale do Jaguari, Santo Ângelo, Frederico Westphalen, Soledade, Passo Fundo, Cruz Alta, Ijuí, Erechim.

A Comissão Especial das Universidades Comunitárias da Assembleia Legislativa prevê ao todo a realização de 14 audiências, todas elas com foco na discussão democrática do papel das Instituições de Ensino Superior. Os encontros são presididos pelo deputado estadual Rafael Braga e, de acordo com ele, estes eventos serão fundamentais para a promoção de políticas públicas de recuperação das IES e também, para oportunizar maior acesso dos estudantes ao ensino superior: “Pra mim é um prazer estar aqui, eu que sou um egresso da Unicruz! Essa audiência estava sendo muito esperada pelo nosso gabinete. Agora chegou a vez da Unicruz estar debatendo aqui com todas as lideranças do meio acadêmico, com as lideranças políticas regionais, com todos que se interessam e sabem da importância das Universidades Comunitárias para o desenvolvimento regional, para o saber, para o conhecimento. Viemos aqui para ouvir também e, depois desses quatro meses de debate, levaremos um relatório ao Governo do Estado para  que políticas públicas sejam implementadas, para que possamos recuperar as instituições e também promover políticas públicas de permanência dos jovens no ensino superior, entre outras questões que estamos levantando nas audiências públicas.” – salientou o deputado. 

Para o reitor da Unicruz, Fábio Dal-Soto, “a oportunidade de debater o papel das Universidades Comunitárias é essencial para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul. Estamos falando da maior rede de educação, ciência e tecnologia do Estado e que abrange todas suas regiões. Por óbvio, essa rede interessa ao governo estadual e precisa ser melhor aproveitada, similar àquilo que já está acontecendo com muito sucesso no Estado vizinho de Santa Catarina”.

A reitora da UPF Bernadete Dalmolin, também representou o Comung, e relembrou a importância das instituições comunitárias no desenvolvimento regional: “Precisamos que os governos olhem para estas instituições que foram e são tão importantes no ensino, na pesquisa, na tecnologia, na inovação e possam fomentar a educação superior por meio de bolsas, incentivos, financiamento para que os estudantes de fato possam acessar a educação superior de qualidade.” – salientou. 

 Já a reitora da Unijuí, Cátia  Nehring, comentou que a audiência pública reforça o papel e a pertinência das Universidades Comunitárias: “é um momento importante para de fato discutirmos e mostrarmos a pertinência das nossas instituições comunitárias. Estamos falando neste ato de quatro instituições comunitárias que representam 14 instituições do Rio Grande do Sul, com atuação de mais de 60 anos nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.   

Arnaldo Nogaro, reitor da Uri Erechim, salientou que as instituições têm toda a estrutura necessária e professores qualificados para que sejam oferecidas vagas subsidiadas por bolsas.  “As nossas Universidades há muitos anos foram fundadas, com cursos reconhecidos, de qualidade e nós estamos vivendo um momento muito crítico em termos educacionais, principalmente na ausência de financiamentos, na ausência de políticas públicas que beneficiem as universidades comunitárias. Precisamos que o Governo se sensibilize e venha conosco nesta perspectiva de oferta de vagas.” 


Com informações da Unicruz

Rádio Jornalismo - Rádio Cruz Alta

Grupo Pilau de Comunicações

Rádio Cruz Alta
CLARO
prumo condominios

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface