Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

RS tem aumento de homicídios em abril e queda de feminicídios e latrocínios

Publicada em 09/05/2023

  • RS tem aumento de homicídios em abril e queda de feminicídios e latrocínios

O Rio Grande do Sul teve aumento no número de homicídios registrados no mês de abril deste ano, na comparação com o mesmo período em 2022. Outros dois crimes violentos, feminicídios e latrocínios, tiveram queda no mesmo período. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (9) pela Secretaria da Segurança Pública (SSP).

O número de homicídios subiu de 123, em abril do ano passado, para 137 neste ano, um aumento de 11,4% no Estado. Considerando apenas os números de Porto Alegre, o crime teve queda de 7,7%, recuando de 26 para 24 nos mesmos períodos.

O governo do Estado destaca que quase mil servidores ingressaram, em abril, em cargos na área da segurança pública. Além disso, ressalta o trabalho das polícias, como investigações e operações, no combate às mortes violentas. Uma dessas ações foi a Operação Cerco Fechado, que reuniu mais de 6,2 mil policiais civis e militares numa ofensiva contra a criminalidade, e resultou em mais de 300 prisões no Estado, em menos de 24 horas, no final de abril.

Crime de gênero tem marca histórica para o mês

Os indicadores de feminicídio registraram o menor número da série histórica para o mês de abril no Rio Grande do Sul, igualando a marca de 2012, quando o crime passou a ser computado no balanço. No último mês, foram cinco casos, contra 10 em igual período de 2022, totalizando queda de 50%.

No acumulado de janeiro a abril, a redução foi de 23,7%: foram 29 ocorrências contra 38 no mesmo período do ano passado.

Roubo com morte em declínio

Em abril, os indicadores de latrocínio também diminuíram 50% no Estado. No mês passado, foram registradas quatro ocorrências contra oito em abril de 2022. 

Para o chefe de polícia, delegado Fernando Sodré, o empenho da corporação reflete na elucidação célere de crimes contra a vida, “Com planejamento e reforço estrutural, a Polícia Civil vem concentrando cada vez mais esforços no enfrentamento à criminalidade. A elucidação ágil e eficaz dos crimes, impacta diretamente na prisão dos envolvidos em um espaço curto de tempo", pontua.


Com informações - GZH

Rádio Jornalismo - Rádio Cruz Alta

Grupo Pilau de Comunicações


UNINTER
prumo condominios
Criação de Sites e Desenvolvimento de Sites - Netface

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface