Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Justiça Restaurativa fomenta construção de rede protetiva no ambiente escolar

Publicada em 19/04/2023

  • Justiça Restaurativa fomenta construção de rede protetiva no ambiente escolar

Com o objetivo de acolher e fortalecer a rede escolar, o Núcleo de Justiça Restaurativa de Cruz Alta estará desenvolvendo ações específicas para o momento atual, atendendo, nesta primeira etapa, aos professores, que estão emocionalmente fragilizados. “Os educadores estão abalados, sofrem pressão das famílias, precisam lidar com conflitos e ao mesmo tempo, procurar manter o equilíbrio para continuar desenvolvendo o seu trabalho, com dedicação e responsabilidade”, comenta Liege Machado Suptitz, Psicóloga e Coordenadora do Núcleo de Justiça Restaurativa do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa de Cruz Alta.

As escolas que pretendem aderir à proposta da Justiça Restaurativa, apresentada às equipes diretivas da rede municipal, estadual e particular em reunião no dia 14 de abril, participarão dos Círculos de Construção de Paz, metodologia que visa acolher, permitir a fala, promover a escuta, dar visibilidade às emoções, construir valores que tenham significado e fortalecer as relações, criando um ambiente em que todos se sintam pertencentes, reconhecidos e responsáveis.

Na sequência, Liege conta que o Núcleo de Justiça Restaurativa pretende atender alunos, famílias e comunidade, fomentando a construção de uma rede social protetiva, capaz de identificar e lidar de forma positiva com o conflito, evitando desdobramentos prejudiciais e potencialmente perigosos.

“Sensibilizar a população para tratar de temas considerados difíceis e dolorosos, é muito importante. Além disso, dar visibilidade e conduzir adequadamente situações que incomodam, permite que os envolvidos possam externar suas emoções e canalizá-las de forma mais saudável. Esta é a pretensão que o Projeto tem para este ano, junto à comunidade escolar de Cruz Alta”.

Criar uma cultura de paz, valorizando o ser humano, promovendo o diálogo, o respeito, a cooperação, estimulando o reconhecimento de responsabilidades e a consciência de que o bem-estar próprio e coletivo são um só, compõem as diretrizes e princípios da Justiça Restaurativa e dos Círculos de Construção de Paz.

“A sociedade precisa reaprender a conviver, reencontrando caminhos que melhor atendam às suas necessidades e expectativas. Individualmente, muito pouco conseguiremos. Mas, juntos, somando ações e compartilhando responsabilidade, faremos a mudança que precisa acontecer para construirmos uma cidade mais justa, segura e feliz. Juntos, faremos a Cruz Alta da Paz”, diz a Coordenadora.


Com informações da Prefeitura Municipal

Rádio Jornalismo - Rádio Cruz Alta 

Grupo Pilau de Comunicações


Rádio Cruz Alta
CLARO
prumo condominios

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface