Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

PF faz operação contra facção que planejava matar Moro e autoridades

Publicada em 22/03/2023

  • 9 são presos em operação contra facção que planejava matar Moro e autoridades

 A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quarta-feira (22), Operação Sequaz para desarticular uma organização criminosa que, conforme a corporação, pretendia realizar ataques contra servidores públicos e autoridades, incluindo homicídios e extorsão mediante sequestro. Os crimes ocorreriam no Distrito Federal e em quatro Estados.

Cerca de 120 policiais federais cumprem 24 mandados de busca e apreensão, sete mandados de prisão preventiva e quatro mandados de prisão temporária em Mato Grosso do Sul, Rondônia, São Paulo e Paraná.

"Foi investigado e identificado um plano de homicídios contra vários agentes públicos (dentre os quais um senador e um promotor de Justiça). Hoje a Polícia Federal está realizando prisões e buscas contra essa quadrilha", escreveu o ministro da Justiça e Segurança, Flávio Dino, em rede social.

O senador Sergio Moro (União Brasil-PR) afirma que seria um dos alvos do grupo.

"Sobre os planos de retaliação contra minha pessoa, minha família e outros agentes públicos, farei um pronunciamento à tarde na tribuna do Senado. Por ora, agradeço a PF, PM/PR, Polícias Legislativas do Senado e da Câmara, PM/SP, MPE/SP, e aos seus dirigentes pelo apoio e trabalho realizado", disse Moro em postagem no Twitter.

De acordo com a PF, os ataques poderiam ocorrer de forma simultânea, e os principais investigados se encontravam nos Estados de São Paulo e Paraná. Os nomes dos alvos da operação ainda não foram divulgados.

O nome da ofensiva — Sequaz — se refere ao ato de seguir, vigiar e acompanhar alguém, devido ao método utilizado pelos criminosos para fazer o levantamento de informações as possíveis vítimas.


Com informações da Polícia Federal e GaúchaZH

Rádio Jornalismo - Rádio Cruz Alta 

Grupo Pilau de Comunicações

prumo condominios
ROSMER PALACE HOTEL

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface