Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Grupo Chaleira Preta se preparam para novos espetáculos em 2023

Publicada em 02/01/2023

  • Grupo Chaleira Preta se preparam para novos espetáculos em 2023

O ano de 2022 foi bem desafiador para o Grupo Internacional de Danças Chaleira Preta que retomou definitivamente aos palcos. Para o próximo ano, o Grupo já tem como meta participações nos Danzpares Costa Rica, Argentina e Equador. Além disso, o Chaleira Preta recebeu o convite oficial da Associação Art et Traditions Populaires Salmorenc e do France Folklore Tour, para integrar 40º Festival de Culturas Mundiais de Voiron Chartreuse, que acontece na cidade de Voiron, na França, de 29 de junho a 19 de julho de 2023.

“O orgulho nos toma conta, e estamos nos preparando com projetos, para custear nossas passagens áreas, já que será uma experiência única. Estamos muito felizes com esse convite e isso se deve ao esforço de cada bailarina e bailarino na execução de suas coreografias, e pelo trabalho que cada um vem realizando”, diz Vladimir Colombelli, Diretor do grupo.

Uma das marcas deste ano foi o Danzpare Brasil, evento que tem por objetivo fundamental difundir e resguardar a cultura tradicional dos povos que, no circuito Cruz Alta esteve sob responsabilidade do Chaleira Preta.

Durante este ano, foram muitas participações, em diferentes festivais, estando entre eles, a 42ª Coxilha Nativista. Ainda, a programação de 2022, incluiu a abertura do show dos 15 anos da Agricruz, a participação na gravação do DVD da cantora Bruna Bessa, no encerramento do 1º turno de alunos da EASA, nas atividades de aniversário de Cruz Alta, Festival Internacional de Folclore de Passo Fundo, 6ª Mostra de Dança da professora Karen Costa, mostra Conexões da professora Julia Duda, Lançamento do Livro da professora Aline Bucco Bilibio, no espetáculo “ENCANTO”, produzido pelo Estudio Julia Duda, e no espetáculo da Baillar Centro de Danças em Marau e Passo Fundo dos chalerianos Raquel e Mário Pereira.

A presença do Chaleira Preta em outros Países, levaram o nome de Cruz Alta e a representatividade do Brasil, como foi o caso do Danzpare Honduras, em julho, que teve a participação dos chalerianos Mariela de Camargo Mazutti e Luiz Felipe de Oliveira. Depois, em outubro, Vladimir juntamente com a bailarina Julia Duda dos Santos, estiveram no Danzpare Peru.

“Para nós, chalerianos, voltar a representar nossa cidade, estado e país em festivais folclóricos foi motivo de muito orgulho e satisfação. Voltamos com força total para os palcos mundiais, mostrando nossa dança, usos e costumes” disse.

Cruz Alta e o estado do RS foram representados pelo Chaleira Preta no 7º Encontro Sul-americano de folclore, no município de Bossoroca.  “Isso demonstra o amadurecimento do grupo perante todo o trabalho que o mesmo vem desempenhando ao decorrer de cada espetáculo. O elenco artístico, a mola mestra que impulsiona os shows e espetáculos, são fundamentais para este sucesso”.

O grupo já tem personalidade jurídica – e está apoiado e alicerçado pela Associação de Danças Folclóricas Brasileiras e Latino-Americana de Cruz Alta. “Isto é motivo de comemoração para toda a diretoria e integrantes do Chaleira Preta”.

Com informações da Prefeitura Municipal de Cruz Alta

Rádio Jornalismo – Rádio Cruz Alta

Grupo Pilau de Comunicações


Rádio Cruz Alta
CLARO
prumo condominios

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface