Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Estiagem: oito municípios gaúchos já decretaram situação de emergência

Publicada em 26/12/2022

  • Estiagem: oito municípios gaúchos já decretaram situação de emergência

Desde o início de dezembro, oito municípios gaúchos decretaram situação de emergência em virtude da falta de chuva e consequente estiagem. As localidades são Tupanciretã, Cerro Grande, Pinhal, Manoel Viana, Júlio de Castilhos, São Pedro das Missões, São Gabriel e Herval. Há relatos de famílias sem abastecimento de água, principalmente no interior dos municípios, e também de prejuízos na agricultura, especialmente nas plantações de soja, milho e arroz, e na pecuária.

Outros quatros municípios também registram  problemas: Santa Maria, Redentora, Palmitinho e Agudo. Neste último, além das dificuldades na agricultura e pecuária, pelo menos 150 pessoas necessitam do abastecimento de água com caminhão-pipa, especialmente em áreas do interior.

Na terça-feira (20), São Gabriel, na Fronteira Oeste, decretou emergência. Desde novembro a Defesa Civil local afirma que percorre o interior do município para levar água potável. Nos últimos dias, mais 30 famílias entraram na lista, totalizando 195 famílias e 800 pessoas atendidas nos últimos 40 dias. Conforme o coordenador regional da Defesa Civil, Jacob Pinton, os municípios de Quevedos e Toropi, ambos na na Região Central, já sinalizaram que devem emitir o decreto nos próximos dias.

As primeiras cidades a decretarem emergência foram Tupanciretã, na Região Central, no dia 1º, e Pinhal, na Região Norte, no dia 9. Ambas tiveram os decretos reconhecidos pelo governo do Rio Grande do Sul. Tupanciretã também já recebeu o aceite da União.

De acordo com a Emater, há registro de prejuízo financeiro a produtores de milho e soja, mas ainda é cedo para avaliar perdas significativas, em nível estadual, já que ainda há tempo para o plantio.

— Há impactos em relação ao milho. Sobre a soja, podemos dizer que é um momento desconfortável. Mas é ainda muito cedo para falarmos em perdas — avalia o diretor técnico da Emater, Alencar Rugeri.

Com informações - GaúchaZH

Rádio Jornalismo – Rádio Cruz Alta

Grupo Pilau de Comunicações

prumo condominios
CLARO
Rádio Cruz Alta

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface