Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Cooperativas investem em plataforma digital pioneira

Publicada em 22/04/2021

  • Cooperativas investem em plataforma digital pioneira

A Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS (Fecogro/RS) apresentou, em seminário virtual, na última terça-feira (20), a plataforma SmartCoop. O sistema irá integrar 30 das maiores cooperativas agropecuárias do RS e milhares de produtores em um ecossistema de inovação digital. Segundo o presidente da Fecoagro/RS, Paulo Pires, a ferramenta é um divisor de águas para a produção gaúcha porque agregará um ganho expressivo de competitividade aos cooperados. “Temos em mãos uma tecnologia que, além de facilitar o dia a dia do produtor, permitirá que ele negocie sua produção e possa adquirir em sua cooperativa produtos em melhores preços, que esteja ao lado da cooperativa 24 horas por dia mesmo não estando lá fisicamente”, pontua. 

 

A transmissão ocorrerá pela página da Rede Técnica Cooperativa (RTC) no Facebook. O projeto estará à disposição de uma rede de 173 mil produtores que, juntos, concentram 50% da safra de grãos do Rio Grande do Sul. A ideia é apresentar a plataforma para os produtores e servir de inspiração a outros estados da federação. “Agora, a informação é do produtor. No mundo das plataformas, temos o primeiro sistema de inovação digital alinhado com nossa essência e com os princípios do cooperativismo”, informou o coordenador do projeto SmartCoop, Guillermo Dawson.

 

O desenvolvimento da SmartCoop levou dois anos e foi alvo do trabalho de dezenas de profissionais das cooperativas do RS. O projeto teve início um pouco antes da viagem de uma delegação de dirigentes e técnicos ao Vale do Silício (EUA), e depois, à Alemanha, onde acompanharam o desenvolvimento da digitalização de 294 cooperativas. Construída pela empresa de soluções de tecnologia Meta e desenvolvida por técnicos das cooperativas, a SmartCoop tem uso em versão para desktop e aplicativo para celular. Voltado para o trabalho de campo, permite alimentação off-line, driblando um dos grandes entraves das propriedades rurais brasileiras que é o fraco sinal de internet em áreas rurais.

 

A SmartCoop integra em uma mesma plataforma centenas de dados que alimentam e orientam todos os processos de gestão de uma propriedade rural, do apoio comercial à assistência técnica (ver box). Ao aderir, o produtor passa a receber, em tempo real, atualizações de dados que alimentam um grande banco de inteligência artificial em que decisões essenciais são tomadas de modo a otimizar a competitividade da produção primária. Por exemplo, uma previsão meteorológica de chuva processada no sistema pode acionar ou travar uma aplicação de defensivo, aumentando a efetividade da aplicação dos recursos. Por outro lado, um diagnóstico por imagem da produtividade da soja via satélite em determinado talhão pode ajudar o produtor a manejar seu solo. Agilidade que pode significar ganhos reais para o produtor, uma vez que, de posse dos dados, pode melhorar sua rentabilidade.

 

Com investimento estimado em R$ 4,5 milhões, teve custo rateado entre as cooperativas envolvidas no projeto e contou com o apoio do Sescoop/RS e da Ocergs. A Smartcoop está disponível para associados das 30 cooperativas integrantes do projeto. São elas: Languiru, Santa Clara, CAAL, Cotrisul, Camnpal, Camal, Piá, Coagrijal, Coomat, Cotricampo, Cotrisel, Cotrijuc, Cooperoque, Cotrirosa, Coopermil, Coopatrigo, CCGL, Agropan, Cotribá, Cotrijal, Cotriel, Coagrisol, Cotripal, Cotrisoja, Cotrifred, Coagril, Cotrisal, Coopibi, Cotapel e Coasa.

 

BOX

 

Entenda como funciona a SmartCoop

 

- Funciona como uma ferramenta gerencial para o produtor, um local seguro e confiável onde ele poderá usufruir de tecnologias para a sua propriedade, seus cultivos e manejos.

 

- Permite a programação e o agendamento de manejos, emitindo alertas quando a data programada se aproxima.

 

- O sistema oferece ao produtor a previsão meteorológica por talhão, permitindo decisões individualizadas, e, consequentemente, manejos mais assertivos.

 

- A Smartcoop possui ferramentas de inteligência que alertam o produtor sobre a melhor decisão a tomar porque cruza dados de previsão do tempo, condições sanitárias da produção e cultivos de cada talhão.

 

- Oferece informações relacionadas às condições dos cultivos, por meio do monitoramento das lavouras via imagens de satélite. Com isso, o agricultor pode conferir no celular as alterações na saúde de seus cultivos, mudanças no vigor das plantas ou problemas pontuais que estão acometendo os talhões.

 

- Permite que os produtores reportem e armazenem dados relacionados a pragas, doenças, plantas daninhas dentre outros problemas.

 

- Estabelece um ranking anônimo de produtividade, onde o produtor pode verificar o seu desempenho frente aos demais cooperados;

 

- Funciona em modo on-line e off-line. Ou seja, quando o produtor está em área sem sinal de internet, o sistema armazena os dados para envio assim que ele estiver conectado novamente.

 

- A SmartCoop oferece assistência técnica na palma da mão. Os mais de mil técnicos do sistema cooperativo podem interagir com os produtores pela plataforma, realizando o monitoramento e informando a presença de problemas (pragas, doenças, por exemplo) e auxiliando o produtor a tomar a melhor decisão.

 

- A plataforma usa ferramentas de inteligência e gera indicadores estatísticos que ajudarão o produtor a entender a fundo a eficiência dos seus manejos, seus gargalos de produtividade, contribuindo para uma gestão com mais lucratividade.



Fonte: Gerente da SmartCoop, Raí Schwalbert, e o coordenador da RTC, Geomar Corassa

ROSMER PALACE HOTEL
NET FACE
UNINTER

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface