Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Destaques do Agronegócio são homenageados na 1ª edição do Troféu Trigo de Ouro

Publicada em 09/10/2023

  • Destaques do Agronegócio são homenageados na 1ª edição do Troféu Trigo de Ouro

A primeira edição do Troféu Trigo de Ouro reconheceu 10 personalidades e empresas que contribuem para fortalecer o agronegócio e enaltecer o nome de Cruz Alta nacionalmente. A entrega aconteceu na noite de sexta-feira (7), durante a XVII Fenatrigo.

Receberam o Trófeu as empresas Agroprecision Agricultura Inteligente; Cabanha da Divisa; Sementes Aurora e Faccini Defensivos, Fetilizantes e Cereais LTDA. Também foram homenageados durante o evento, Cláudio Schuur; Daniele Furian Araldi; Darci Pedro Hartmann; Marcelo de Godoy Oliveira; Nédio Giordani e Tiago Librelotto Rubert.

 Conheça os homenageados

Cabanha da Divisa – A Cabana da Divisa teve início no ano de 1970, quando João Manoel Nogueira de Oliveira juntamente com sua esposa Janette Terezinha Cerutti de Oliveira, começaram a criação da Raça ‘Charolês’. Durante a Expointer de 1977, o casal reuniu um grupo de criadores dos quais tiveram uma visão empreendedora, iniciando os trâmites para a importação dos Ovinos Ile de France para o Brasil. 

São 46 anos dedicados a ovinocultura e a raça Ile de France, levando o nome de Cruz Alta para o Brasil todo com diversas premiações,  destacando-se por onde passa. Por cinco anos consecutivos a Divisa foi campeã do ranking de cabana do ano sendo a número 1 do brasil na raça. 

Cláudio Schüür – CEO da SLC Máquinas (empresa do grupo SLC) concessionária John Deere no Rio Grande do Sul. Começou sua trajetória no grupo SLC ao final de 2009 como gerente geral na empresa SLC Máquinas. Graduado em economia pela UNICRUZ/RS, tem MBA em Gestão Empresarial na Fundação Getúlio Vargas (FGV), Pós em Inteligência Empresarial (FGV), entre outras graduações e especializações. 

Na área acadêmica, foi professor universitário nas faculdades de administração e economia da Unicruz. Cláudio foi diretor financeiro da ASSODEERE (Associação Brasileira dos Distribuidores John Deere) por dois mandatos; ocupando atualmente o cargo de diretor conselheiro da Fundação SLC, integrando o conselho deliberativo do Instituto SLC. 

Daniele Furian Araldi – Natural de Santa Maria, Daniele é graduada em zootecnia e mestre em produção animal pela Universidade Federal de Santa Maria. Atualmente é professora da Universidade de Cruz Alta, dos cursos de graduação em medicina veterinária e agronomia. Atua junto a fazenda escola da UNICRUZ, na avaliação e validação de tecnologias na linha de "estratégias para intensificação da pecuária regional". 

Já participou da organização de mais de 50 eventos técnicos e científicos, tendo sido coordenadora de mais de 25 eventos na área de produção animal nos últimos 15 anos. 

Tem mais de 130 trabalhos apresentados em eventos, 35 artigos técnicos publicados em jornais e revistas e participou de mais de 15 capítulos de livros e boletins técnicos. 

Atua desde 2014 como Coordenadora Técnica da Feira Nacional do Trigo. É membro efetivo do Sindicato Rural de Cruz Alta. Trabalha com consultoria e assessoria em pecuária de corte. Também atua como consultora técnica do Sebraetec e Senar/RS.

Darci Pedro Hartmann – É formado em direito pela Universidade de Cruz Alta com especialização em administração estratégica em cooperativismo e especialização em gestão empresarial. Produtor Rural, foi prefeito de Selbach entre 1982/1988 e 2000/2004. Foi presidente da Cotrisoja, Cooperajacuí, Fundacep Fecotrigo, assim como Vice-presidente da Cooperativa Central Gaúcha (CCGL). 

Em seu discurso, Darci agradeceu a homenagem e falou sobre a importância da família. “Me sinto honrado e feliz em receber essa importante homenagem. Por entender a importância da iniciativa, fiz questão de trazer meu neto para participar e receber junto comigo esse troféu. Tenho um sentimento de gratidão pela comunidade de Cruz Alta que nos acolheu tão bem, assim como a minha família que sempre esteve ao meu lado nesta grande jornada. Entendo que para muitos dos empreendedores e homenageados desta noite, a família representa um importante fator de motivação e apoio. Encerro meu pronunciamento, dividindo esse prêmio com todos os colaboradores da CCGL e com a rede de cooperados que defendem o cooperativismo como ferramenta de transformação”, concluiu o homenageado.

Faccini Defensivos, Fertilizantes e Cereais LTDA – A empresa Faccini iniciou sua trajetória comercial em 1975, na cidade de Cruz Alta, tendo como sócios fundadores o casal Diógenes e Margot Faccini. Com 48 anos de história, a Faccini conta com uma variedade de produtos e serviços, para atender e dar suporte ao agronegócio. A empresa atua no comércio de insumos para lavoura, recebimento, beneficiamento, armazenagem e comercialização de grãos e TRR, que realiza entrega de óleo diesel, lubrificantes e graxas diretamente em propriedades rurais, empresas, indústrias entre outros. 

Marcelo de Godoy Oliveira – é fundador e CEO da Simbiose Agro, empresa pioneira especializada em pesquisa, produção e distribuição de insumos microbiológicos, com sede em Cruz Alta, e outras fábricas no Paraná e Argentina, com mais de 26 centros logísticos no Brasil e Paraguai. 

Hoje, a Simbiose se destaca como líder do setor, com a maior capacidade produtiva e o maior portfólio de produtos registrados em seu segmento. Atua em todo o território nacional com uma equipe de centenas de engenheiros agrônomos especializados em microbiologia, além de sua atuação nos principais países da américa latina, também comercializa no continente africano. 

Neste momento, está iniciando os trabalhos no mercado americano e europeu. Desta forma, a simbiose torna-se a primeira empresa brasileira, multinacional de tecnologias biológicas. A jornada do Marcelo no campo da agricultura começou em 1990, quando atuou como administrador em uma fazenda de produção de hortaliças. Durante esse período, ele começou a estudar microbiologia, e a partir daí nunca mais parou de estudar sobre este fascinante mundo. 

Com sua vasta experiência em liderança, negócios e transformação organizacional, Marcelo construiu um legado na produção e distribuição de insumos microbiológicos para a agricultura, que já soma mais de 15 anos à frente da simbiose e mais de 1.400 colaboradores.

Nédio Giordani – Engenheiro Agrônomo, Nédio Giordani trabalhou na FUNDACEP entre os anos de 1976 e 1992, auxiliando no controle de doenças no trigo e da soja. Em 1992 fundou a Integral Agrícola, onde exerce suas atividades até hoje.

Sementes Aurora – No final da década de 1960, a família de Bortoli recebe a notícia de que sua pequena propriedade na localidade de sede aurora, seria submergida pela faraônica construção da barragem do passo real. Naquele momento, Aquilino de Bortoli, que além de agricultor também era comerciante, buscou construir novos horizontes para sua família. Com a indenização, adquiriu cerca de 200 hectares no município de Cruz Alta, em sociedade com o cunhado, tendo como objetivo investir no negócio de trigo, cultura na época considerada uma das mais importantes do agronegócio. 

Com o investimento elevado para os parâmetros da família e a escassez de mão de obra, Aquilino trouxe todos os seus filhos para a abertura e início do cultivo da área. Após alguns anos de muito trabalho o negócio expandiu e, no fim da década de 1970, decidiu dar continuidade apenas com os filhos. A equipe de trabalho dos irmãos avançava na produção de cereais e logo começou a produzir sementes para a cooperativa de Cruz Alta. Ano após ano investindo na propriedade do Espinilho, os irmãos decidiram criar a sua própria marca de sementes. Assim nascendo a Sementes Aurora, nome que homenageia à localidade de origem da família. 

Desde então, a família de Bortoli esteve à frente de grandes avanços na agricultura nas últimas três décadas, trabalhando fortemente na implantação do sistema plantio direto, praticando técnicas conservacionistas de solo, na adoção da biotecnologia, eletrônica embarcada em maquinários e em investimentos em irrigação, inovações estas que permitiram a expansão da empresa familiar em termos de área cultivada e em produtividade agrícola. 

No final da década de 2000, a Sementes Aurora passa a contar com a atuação da terceira geração de sucessores em seu negócio. Os netos de seu aquilino, que retornam à Cruz Alta com formação profissional na área de agronomia, trazem na bagagem, além de conhecimento técnico, o desejo em dar continuidade ao negócio do avô e dos pais e a missão de alavancar a evolução com base em inovação e sustentabilidade. A partir daí a família avança fortemente seus investimentos em melhoria de solos, tecnologia de produção de sementes, beneficiamento da produção, expansão da área irrigada e eficiência agronômica. 

Esse “novo tempo” faz com que a família mude seu patamar de produtividade e passe a colher frutos que evidenciam que o negócio da família está em um caminho promissor, como a conquista de dois troféus de máxima produtividade pelo CESB (Comitê Estratégico Soja Brasil). Atualmente, com duas gerações diretamente atuantes no negócio, a sementes aurora segue na busca incessante por tecnologia, produtividade e excelência em seu processo produtivo, sendo reconhecida como referência em toda a região, liderando processos de adoção de novas biotecnologias, agricultura regenerativa e qualidade biológica do ambiente de produção. 

Tiago Librelotto Rubert – Bacharel em Administração e especialista em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas, Tiago Rubert possuí ainda MBA em negócios pela University of Tampa (EUA). Produtor Rural, Sócio Fundador e Gestor da Terra Boa Agrícola, Rubert atualmente é presidente do Condomínio Aeronaútico Erico Verissimo, conselheiro e investir em startups voltadas ao agronegócio.

Agroprecision – A Agroprecision entende que pode ser colocado tudo no solo, mas se o processo não for feito com conhecimento, dedicação e respeito, nada brotará. De sol a sol, com a mão na terra, a Agroprecision cumpre a sua missão. É dessa forma, que desde 2005, a empresa está em constante adaptação para atender as reais necessidades dos agricultores, sempre em busca da qualidade em suas soluções. Tudo isso, aliado ao crescimento acelerado da tecnologia, fato que permite à empresa ajudar centenas de produtores a melhorarem as suas produtividades. 

A empresa se consolidou no mercado de agricultura de precisão através de pesquisas e constante qualificação técnica da sua equipe. Com uma agricultura moderna, exigindo dos seus clientes, ações cada vez mais precisas para as suas lavouras, a Agroprecision auxilia os agricultores a tomarem decisões baseadas em dados e não em opiniões. Desde então, a empresa está em constante evolução, na busca pela inovação e adequação para a realidade do agronegócio. Assim, constroem a sua história, sendo reconhecidos por seriedade, comprometimento, resultados de alto impacto ao produtor, e também, por estar entre as 150 melhores empresas de pequeno porte para trabalhar no Brasil e no top 10 das melhores empresas para se trabalhar no Rio Grande do Sul.

Com informações da Fenatrigo

Rádio Cruz Alta - Rádio Jornalismo

Grupo Pilau de Comunicações


Confira outras imagens

  • Destaques do Agronegócio são homenageados na 1ª edição do Troféu Trigo de Ouro
prumo condominios
ROSMER PALACE HOTEL

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface