Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Servidores do Tribunal de Justiça do RS encerram greve após 52 dias

Publicada em 16/11/2019

  • Servidores do Tribunal de Justiça do RS encerram greve após 52 dias

Os Servidores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) decidiram encerrar a paralisação depois de 52 dias de greve. A decisão foi tomada em assembleia geral na quinta-feira (14), e as atividades devem ser retomadas na próxima segunda (18). Em Cruz Alta também houve adesão dos servidores, de forma parcial. 

Os Oficiais Escreventes da Comarca de Cruz Alta, Cristiano Baraldo e Rômulo Fagundes, estiveram no Ponto Crítico falando a respeito da situação enfrentada pelos Servidores.  Eles relataram que a categoria não recebia reajustes há mais de cinco anos, entre outras situações que foram o estopim da Greve. 

De acordo com o Sindicato dos Servidores da Justiça (Sindjus-RS), após negociação com a presidência do TJ-RS, as reivindicações da categoria foram atendidas.

Entre as propostas aceitas, estão:

Criação de um grupo de trabalho para debater a valorização das carreiras

Agilidade na tramitação administrativa dos pedidos de aumento do auxílio-condução para oficiais de justiça

Votação do pedido de equiparação do auxílio-refeição em Órgão Especial ainda em 2019

Além disso, o Projeto de Lei que extingue os cargos de oficial escrevente do quadro funcional do TJ-RS e cria em substituição o cargo de técnico judiciário foi rejeitado por 44 votos a 2. Segundo o sindicato, mais de 3,5 mil servidores, que ocupam este cargo atualmente, poderiam ficar num "limbo funcional após a extinção".

O esquema de compensação dos dias de greve será definido pelas direções das comarcas em acordo com os trabalhadores, sem prazo final estabelecido. Ainda conforme o sindicato, os salários que foram descontados serão devolvidos em folha suplementar no dia 10 de dezembro para os servidores que realizarem a compensação.

Fonte: Bianca Conrad - Jornalismo Rádio Cruz Alta - FONTE - G1-RS

Anuncie conosco
(55) 3322-7222
© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface