Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Construção do presídio federal de Charqueadas deve começar em 2020

Publicada em 12/11/2019

  • Construção do presídio federal de Charqueadas deve começar em 2020

Após reunião com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, o governador Eduardo Leite anunciou que a construção do primeiro presídio federal do Rio Grande do Sul começará em 2020 e que R$ 2 milhões já estão assegurados no Orçamento da União do próximo ano. A previsão é investir um total de R$ 45 milhões e concluir as obras em três anos. A instalação da penitenciária de segurança máxima em Charqueadas, na região Carbonífera do Estado, terá um aporte financeiro maior por parte da União para investimentos em outras unidades prisionais gaúchas, além de auxílio para capacitação de agentes penitenciários.

Conforme Leite, as ações vão ao encontro do RS Seguro, que tem como estratégias colocar mais efetivo nas ruas e investir em equipamentos e viaturas para o policiamento ostensivo, mas também qualificar o sistema penitenciário para efetivamente garantir maior segurança pública no Estado. A unidade será a sexta prisão federal do País – as outras cinco, já em funcionamento, ficam em Campo Grande (MS), Catanduvas (PR), Mossoró (RN), Porto Velho (RO) e Brasília (DF).

O Programa Transversal e Estruturante de Segurança Pública foi lançado em 28 de fevereiro, pelo Gabinete do Vice-governador, Ranolfo Vieira Júnior, em cerimônia realizada no Palácio Piratini. Com a integração de diversas áreas do governo do Estado, é executado em parceria com a União, Municípios, outros Poderes, iniciativa privada e sociedade civil com os objetivos de combate ao crime, implementação de políticas sociais preventivas e transversais, qualificação do atendimento ao cidadão e melhorias no sistema prisional.

Uma das ideias em estudo é transformar uma das prisões federais em unidade exclusiva para condenados pela Justiça Federal, o que incluiria presos da Lava-Jato. A construção do local foi anunciada em março de 2017 ainda sob a gestão do governador José Ivo Sartori. Pelo menos sete cidades gaúchas demonstraram interesse em receber o estabelecimente, mas Charqueadas foi escolhida por critérios técnicos.

Fonte: Correio do Povo

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface