Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Suspeito de divulgar lista com ofensas em Candelária será ouvido pela Polícia

Publicada em 27/04/2022

  • Suspeito de divulgar lista com ofensas em Candelária será ouvido pela Polícia

A polícia já tem um suspeito de divulgar listas com designações ofensivas em Candelária, na Região Central do Rio Grande do Sul. Moradores do município de 31 mil habitantes receberam mensagens, compartilhadas via redes sociais, com a descrição dos mais “chatos”, “velhacos” e “cornos”, além de menções ao consumo de drogas e à sexualidade.

Conforme a delegada Alessandra Xavier de Siqueira, que conduz as investigações, o suspeito de divulgar a lista entrou em contato com a vítima e pediu desculpas. Ele será ouvido nos próximos dias e será proposto que seja feito uma mediação de conflito. Dessa forma, haveria um acordo entre as partes com retratação pública, o que evitaria processo judicial.

Um dos alvos foi o empresário Márcio Aurélio Bataioli, que ficou sabendo que estava em uma das listas quando a filha contou que estava sofrendo bullying na escola.

“É uma situação constrangedora, foi muito difícil pra mim”, afirmou o empresário.

Ele diz que a situação o afetou emocionalmente e também no trabalho, uma vez que teve dificuldades na relação com clientes.

“Perdi o apetite, perdi o sono e foi uma busca incessante em saber o porquê do meu nome estar naquela lista”, relata.

De acordo com a polícia, apenas o empresário registrou boletim de ocorrência até o momento.

A delegada conta que os nomes são facilmente identificáveis porque, além dos apelidos, há a indicação de local de trabalho ou de residência.

“É uma cidade pequena. Em Candelária, todo mundo se conhece pelo primeiro nome, pelo apelido”, diz Alessandra Xavier de Siqueira.

 

Com Informações do G1/RS

Paulinho Barcelos

Rádio Jornalismo – Rádio Cruz Alta

Grupo Pilau de Comunicações

 

Rádio Cruz Alta - Aplicativo
UNINTER
Station Lodge - Passo Fundo

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface