Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Governo zera imposto de remédio para tratamento da Covid-19

Publicada em 27/04/2022

  • Governo zera imposto de remédio para tratamento da Covid-19

O governo federal zerou a alíquota do Imposto de Importação do medicamento Baricitinibe, usado no tratamento da Covid-19. O remédio já era usado em casos de artrite reumatoide e dermatite atópica, e foi o primeiro aprovado pela Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde) para ser incorporado ao SUS (Sistema Único de Saúde) no tratamento da Covid.

A isenção do imposto sobre o medicamento está publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira. O uso do Baricitinibe em casos da infecção por coronavírus foi aprovado em 1º de abril. Segundo a Conitec, o remédio será disponibilizado para tratamento de pacientes adultos hospitalizados.

Os estudos analisados pela comissão apontam que o uso do medicamento pode contribuir para uma redução significativa de mortes por Covid-19 de pacientes adultos hospitalizados e que necessitam de oxigênio por máscara ou cateter nasal, ou que necessitam de alto fluxo de oxigênio ou ventilação não invasiva.

De acordo com a farmacêutica Eli Lilly, responsável pela fabricação da droga, o Baricitinibe reduz em até 38% a mortalidade dos pacientes hospitalizados com Covid-19. O dado é de um estudo clínico realizado em diversos países, entre eles o Brasil, que avaliou o uso de 4 mg do medicamento em comparação com o placebo.

A administração recomendada do remédio deve ser feita com um comprimido de 4 mg, uma vez ao dia, durante 14 dias ou até a alta hospitalar do paciente. Segundo o laboratório, o uso do Baricitinibe para tratar a Covid-19 está autorizado em 15 países, incluindo o Brasil.


Com Informações do Correio do Povo 

Rádio Jornalismo – Rádio Cruz Alta

Grupo Pilau de Comunicações

prumo condominios
UNINTER
NETFACE

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface