Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Identificadas as vítimas do desabamento em Capitólio, MG

Publicada em 10/01/2022

  • Identificadas as vítimas do desabamento em Capitólio em Minas Gerais

Todas as dez vítimas do desabamento de pedras em Capitólio (MG) já foram identificadas. Elas estavam na mesma lancha que tinha o nome de "Jesus", segundo o delegado regional da Polícia Civil, Marcos Pimenta.

Eles estavam hospedados em um rancho em São José da Barra (MG) e eram familiares e amigos uns dos outros. O dono da pousada era proprietário da lancha e também parente das vítimas. O piloto era funcionário dele, de acordo com informações da polícia.

A primeira vítima foi identificada oficialmente na manhã deste domingo. Outras quatro vítimas foram identificadas durante a noite. Cinco vítimas foram identificadas nesta segunda-feira (10).

Veja abaixo quem são as vítimas da tragédia em Capitólio:

Carmem Pinheiro da Silva, de 43 anos, natural de Cajamar (SP). Enterro será em Sumaré (SP).

Rodrigo Alves dos Anjos, 40 anos, nascido em Betim (MG). Ele era o piloto da lancha.

Thiago Teixeira da Silva Nascimento, 35 anos, nascido em Passos. Será enterrado em São José da Barra.

Geovany Gabriel Oliveira da Silva, 14 anos, natural de Alfenas. Será enterrado em Serrania.

Geovany Teixeira da Silva, 37 anos, natural de Itaú de Minas. Será enterrado em Serrania.

Marlene Augusta Teixeira da Silva, 57 anos, natural de Itaú de Minas. Será enterrada em Serrania.

Sebastião Teixeira da Silva, 64 anos, natural de Anhumas. Será enterrado em Serrania.

Camila da Silva Machado, 18 anos, nascida em Paulínia. Será enterrada em Sumaré.

Maycon Douglas de Osti, 24 anos, nascido em Campinas. Será enterrado em Sumaré.

Julio Borges Antunes, 68 anos, natural de Alpinópolis (MG). Será enterrado em São José da Barra.


Marlene e Sebastião eram casados. Eles eram pais de Geovany Teixeira, que era pai de Geovany Gabriel. O casal também são os tios da vítima Thiago.

Carmem era esposa de Geovany Teixeira e mãe de Camila. Esta última era namorada de Maycon. Julio era amigo da família.

Ainda não se sabe o que provocou o acidente. Além da Polícia Civil, a Marinha informou que um inquérito será instaurado para apurar as causas do deslizamento de pedras no Lago de Furnas. 

UNINTER
Rádio Cruz Alta - Aplicativo
TAVOLA ASSESSORIA IMOBILIARIA

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface