Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Cruz Alta segue sem casos de dengue, mas segue o monitoramento

Publicada em 09/11/2021

  • Levantamento de índice Rápido de Aedes é realizado em Cruz Alta

Desde está segunda-feira, 08, está sendo realizado no município, o Levantamento de Índice Rápido de Aedes (Lira). A metodologia permite o conhecimento, por amostragem, da quantidade de imóveis com a presença de recipientes com larvas do mosquito transmissor da dengue.

Cruz Alta está há praticamente um ano sem ter nenhuma confirmação de casos de dengue. Mas, com a chegada do verão e suas características se torna um ambiente propício para a reprodução do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Adelita Lopes, da Vigilância Ambiental, alerta que o Aedes fica mais ativo neste período. “A alta temperatura age a favor do mosquito, pois lhe dá condições mais propícias à multiplicação. Estamos em um período que exige extremo cuidado porque é quando ocorre a maior proliferação do Aedes. Precisamos acabar com o ciclo do mosquito urgentemente". 

Os principais sintomas são febre, dor de cabeça (cefaleia), dor no corpo, dor nos músculos (mialgia) e nas articulações (artralgia) e erupção cutânea (exantema). 

RECOMENDAÇÕES

Existem várias formas de evitar o surgimento das larvas do Aedes aegypti. Veja as principais:

– Reservatório: Mantenha sempre bem tampados caixa d’água, tonéis, barris ou qualquer reservatório de água. Lave-os, pelo menos uma vez por semana, com água e sabão;

– Lixo: Coloque garrafas usadas viradas com a boca para baixo ou deixe-as tampadas. Não jogue lixo em terrenos ou acumulado em casa. Coloque todo o resíduo em sacos plásticos fechados e mantenha as lixeiras tampadas;

– Calha: Mantenha as calhas sempre limpas, retirando as folhas e galhos para facilitar a passagem da água. Evite também água da chuva acumulada sobre a laje;

– Animais: Limpe com escova ou bucha os potes de água dos animais e troque a água diariamente;

– Plantas: Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda. Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão toda semana;

– Pneus: Se for guardar pneus velhos em casa, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.

Mais informações podem ser adquiridas diretamente com a Vigilância em Saúde,  pelo telefone 3324 3869.

Fonte: Prefeitura Municipal de Cruz Alta

Rádio Cruz Alta - Aplicativo
UNINTER

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface