Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Unidades de saúde realizam dia D do Outubro Rosa neste sábado

Publicada em 21/10/2021

  •  Unidades de saúde realizam dia D do Outubro Rosa neste sábado

O Outubro Rosa, é o mês de conscientização da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e também do câncer de colo do útero. Para enfatizar a campanha, Denise Santos da Cunha, Coordenadora do Centro de Saúde da Mulher e da Criança, conta que o Dia "D" do Outubro Rosa, será realizado nas unidades de saúde de Cruz Alta (CSMC, ESF Toríbio Veríssimo, ESF Abegaí, ESF Alvorada, ESF Santa Rita, ESF Bairro Brum, ESF São José, ESF Primavera, ESF Vila Nova, ESF Penha, ESF São Genaro, ESF Progresso, ESF Acelino Flores, ESF Bairro de Fátima, ESF Lizabel, UBS Benjamin Nott, ESF Vila Rocha, ESF Boa Prada e ESF Bonini), neste sábado, 23, das 9h às 17h, com inúmeras atividades como coleta de exame preventivo, oferta de teste rápido de HIV/Aids, palestras, rodas de conversas, consultas médicas, encaminhamento para agendamento de mamografia, entre outros.

Na ESF Progresso, a atividade também será feita no sábado, mas em horário diferenciado, das 8h às 15h, com a intensificação de coletas de Citopatológico do colo de útero. Já na ESF Centro, o Dia D será realizado em 27 de outubro, das 18h às 20h30 e no dia 30 de outubro, das 9h às 12h.

Denise explica que, no caso do exame preventivo, as coletas são ofertadas em cada unidade de saúde e também no Centro de Saúde da Mulher e da Criança, com posterior encaminhamento ao laboratório de medicina diagnóstica. Já a mamografia é feita pela Clinimagem.

O público alvo para a coleta do exame preventivo está na faixa etária dos 25 aos 64 anos, e a mamografia são mulheres acima dos 50 anos de idade. "Precisamos reforçar a importância do diagnóstico precoce para que assim possamos preservar o órgão atingido, seja útero ou mama. A prevenção se dá através da coleta do preventivo e da mamografia".

CÂNCER DE MAMA

Denise explica que o câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada das células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam e formam o tumor.  Segundo a profissional, prática de atividade física, alimentação saudável, manter o peso corporal adequado, evitar consumir bebidas alcóolicas e amamentar são algumas formas de prevenção. Já os fatores que podem aumentar o risco de desenvolvimento da doença são: idade acima dos 50 anos (cerca de quatro em cinco casos ocorrem com mulheres com mais de 50 anos), obesidade, sedentarismo, primeira menstruação antes dos 12 anos, não ter tido filhos, história familiar de câncer de ovário, casos de câncer na família principalmente antes dos 50 anos.

CÂNCER DE COLO DE ÚTERO

A doença é causada pela infecção persistente por alguns tipos de HPV (papilomavírus humano). A infecção genital por esse vírus é frequente e não causa doença na maioria das vezes, porém em alguns casos ocorrem alterações celulares que podem evoluir para o câncer. “Essas alterações são descobertas no exame preventivo (papanicolau) por isso a importância da realização dele".

A prevenção da doença está relacionada com a diminuição do contágio pelo HPV. O início precoce da atividade sexual, múltiplos parceiros e tabagismo são alguns fatores que aumentam o risco. A vacinação contra o HPV e a realização do preventivo se complementam como ações de prevenção deste tipo de câncer.

Rádio Cruz Alta - Aplicativo
UNINTER

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface