Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Entidades tradicionalistas recebem a chama crioula em Cruz Alta

Publicada em 13/09/2021

  • Entidades tradicionalistas recebem a chama crioula em Cruz Alta

stão abertos os festejos farroupilhas no Rio Grande do Sul. A chama crioula, maior símbolo da tradição gaúcha, foi distribuída neste domingo (12) em Cruz Alta, na 9ª Região Tradicionalista. Os atos oficiais iniciaram cedinho no marco histórico, a Cruz de Benjamin Nott.

Mais tarde, com participação de dezenas de cavaleiros, as centelhas foram distribuídas em uma cerimônia em frente ao Palácio da Intendência.

“Muito me orgulha estar a frente da Coordenadoria de Cultura neste momento. É imensurável a alegria que estou sentindo em poder compartilhar com vocês a semana farroupilha em nosso município. Vocês que levam a tradição do nosso estado nas patas do cavalo”. Falou emocionada a Coordenadora de Cultura, Artes e Eventos Shana Reis, em seu discurso.

Neste ano, dentro dos festejos farroupilhas, a 9º RT, presta homenagem a senhora Carla Augusta Farias de Moura, que iniciou sua caminhada no CTG Turibio Verissimo, onde trouxe a família para dentro do CTG. Por muitas gestões, foi integrante de departamentos culturais de entidades tradicionalistas de nossa cidade. Foi secretária da 9ª RT em 2007, e diretora cultural em 2008. Nos anos de 2010 a 2012 foi eleita coordenadora da 9ª região tradicionalista, sendo a primeira mulher a assumir este cargo em nossa região. Em 2013 foi convidada para ser conselheira do MTG, função que desempenhou até 2017. Mais recentemente em 2018 e 2019 foi diretora do departamento de formação tradicionalista. 

O Vice-Prefeito Luciano Ardenghi, declarou oficialmente aberta a Semana Farroupilha 2021 e, em sua fala, destacou a honra de poder compartilhar com a comunidade esse momento de alegria.

Representantes de cada uma das entidades tradicionalistas receberam a centelha da chama crioula e em seguida, acompanhados da imagem de Nossa Senhora de Fátima seguiram até o Santuário de Fátima para uma benção.

Significado do acendimento da Chama Crioula

No ano de 1947 foi criado em Porto Alegre, no Colégio Júlio de Castilhos, um Departamento de Tradições Gaúchas, com o objetivo de resgatar, preservar e proporcionar a revitalização das coisas tradicionais do Rio Grande do Sul, através da História Gaúcha. Naquele momento, um grupo de jovens do Colégio manifestou o desejo de fazer, a cavalo, o acompanhamento dos restos mortais do General Farroupilha, David Canabarro, que era transladado ao panteão rio-grandense no cemitério da Santa Casa de Misericórdia.

O ato ocorreu em 05 de setembro, com oito jovens a cavalo. Dois dias depois, três daqueles jovens (Paixão Cortes, Cyro Ferreira e Fernando Vieira) também a cavalo retiraram uma centelha do Fogo Simbólico da Pátria, a meia noite do dia 7, acendendo o candeeiro crioulo que foi guardado no Colégio Júlio de Castilhos, dando origem à Chama Crioula, que simboliza o apego do gaúcho à sua terra, o seu nativismo, seu telurismo. A Chama Crioula é o fogo que simboliza fertilidade, calor, claridade, ardor, paixão, hospitalidade e coragem. Simboliza, enfim, a Tradição Gaúcha. Representa o gaúcho idealizado no espírito heroico, dos farroupilhas, com os ideais de justiça e liberdade, visando a aproximação dos povos.

Programação da Semana Farroupilha

O tradicional desfile do dia 20 de setembro, neste ano, em decorrência da pandemia de Covid-19, será realizado de forma itineranteA ideia é que o desfile mantenha a essência dos desfiles tradicionais, inclusive prestando homenagem à heroína Anita Garibaldi que, em 30 de agosto, completou o seu bicentenário.

Fonte: Prefeitura Municipal de Cruz Alta

UNINTER
Rádio Cruz Alta - Aplicativo

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface