Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Roubo a bancos no RS tem a maior redução entre os índices divulgados pela SSP

Publicada em 12/10/2019

  • Roubo a bancos no RS tem a maior redução entre os índices divulgados pela SSP

Crime que assusta especialmente o interior do Rio Grande do Sul, o roubo a bancos teve quase 40% de redução entre janeiro e setembro de 2019, na comparação com o mesmo período do ano passado. O número faz parte dos indicadores mensais divulgados nesta quinta-feira (10) pela Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Foram 84 casos neste ano, contra 138 no ano passado. A queda de 39,1% é a maior apresentada no balanço. Mais um roubo foi registrado nesta quinta-feira em Três Arroios, sem entrar nos indicadores divulgados.

Todos os crimes monitorados pela pasta apresentaram redução. A Secretaria atribui ao programa RS Seguro, que concentra ações de combate à criminalidade em 18 cidades entre as mais violentas, parte do desempenho avaliado até setembro.


Roubo de carros

O roubo de veículos é um exemplo. A queda foi de 31,1%, o que representa 3,9 mil roubos a menos do que o acumulado do ano passado. Destes, 94,7% (ou seja, 3.698) se concentram no grupo de cidades atendidos pelo programa. Porto Alegre, por exemplo, teve 2.703 registros a menos este ano do que em 2018.

"Muitas vezes o roubo do veículo é um potencial latrocínio, então no momento em que se evita o roubo do veículo, indiretamente poderemos também evitar a possível prática do latrocínio, um dos crimes mais gravemente apenados no nosso sistema penal, que apesar de ser crime patrimonial atinge também a vida humana", observa o secretário de Segurança Pública e vice-governador Ranolfo Vieira Júnior.

Já quanto ao furto de veículos, o índice é o menor registrado desde o início da série histórica, iniciada em 2002, com 9.863 registros até setembro. É uma diminuição de 11,3% em relação ao mesmo período do ano passado, 11.121.

O uso de tecnologias, como câmeras de videomonitoramento que captam as placas e identificam se o automóvel consta como roubado, é citado pela Secretaria como uma das razões para a queda.


Crimes contra a vida

Foram 51 registros de roubo com morte até setembro de 2019, o que significa 27,1% a menos do que os 70 casos do ano passado. Porto Alegre se destaca com uma redução de mais da metade: foram cinco casos contra 11.

Os homicídios foram de 1.825 em 2018 e 1.367 neste ano, o que representa 25,1%. Dos 458 casos a menos neste ano, 406 foram registradas nas cidades do RS Seguro, enfatiza a Secretaria.


Violência contra a mulher

Dentre os crimes de violência contra a mulher, o estupro é o que apresenta a maior redução, de 15,3%. Em 2018, foram registrados 1.384 estupros, e neste ano, 1.172 Os feminicídios reduziram 14,1%: em 2019, 73 mulheres foram mortas nessas circunstâncias, 12 a menos do que no ano passado (85).

Já no caso dos feminicídios tentados, a redução foi de 10,5%, de 275 no ano passado, para 249 em 2019.


Crescimento pontual

Apesar de comemorar os números apresentados nesta quinta-feira, Ranolfo afirma que, pontualmente, alguns municípios ainda causam preocupação.

"Dos 497 municípios [do RS], talvez duas dezenas, se monitorando, observamos um pequeno crescimento de um ou outro indicador", diz ele, sem especificar quais municípios, nem quais crimes.

Na Serra, região citada pelo vice-governador, se observou acréscimos nos índices criminais. "Mas as medidas atinentes a essa questão específica estão sendo tomadas", explica Ranolfo.

Fonte: G1

Anuncie conosco
(55) 3322-7222
© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface