Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Doadores de sangue tornam-se ainda mais fundamentais para o Hemocentro.

Publicada em 23/07/2021

  • Doadores de sangue tornam-se ainda mais fundamentais para o Hemocentro.

Apesar do estoque em nível normal, o Hemocentro Regional de Cruz Alta, necessita de doações diárias que, neste momento, são ainda mais fundamentais, diante da pandemia de Covid-19 e da vacinação que, impedem, temporariamente, o voluntário de fazer a sua doação. Além disso, neste período, com os dias mais frios, o movimento, semelhante ao que acontece em anos anteriores, diminui. Por isso, a Coordenadora, Angélica Trentini, faz um apelo aos doadores que estiverem em condições de doar, para que façam o seu agendamento e compareçam ao Hemocentro.

Segundo Angélica, cada doação pode salvar até quatro vidas. Com a retomada dos procedimentos oncológicos e transplantes, assim como o aumento no uso de sangue e componentes por pacientes com Covid-19, é preciso, cada vez mais, manter os estoques em um bom nível. “Precisamos manter os nossos estoques de bolsas de sangue. Por isso, são necessários doadores de todos os tipos de sanguíneo, em especial, aqueles com fator RH negativos”.

Para ser um doador de sangue, é necessário: Apresentar documento oficial com foto (RG, CNH, etc.);Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação); Estar em boas condições de saúde; Pesar no mínimo 50 kg; Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas; Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses; Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses; Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias; Aguardar 48h para doar, caso tenha tomado a vacina da gripe, desde que não esteja com nenhum sintoma; Consultar a equipe em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

DOAÇÃO E COVID-19

Angélica explica que, candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue. Além disso, é preciso guardar 48h para doar caso tenha tomado a vacina CoronaVac/Sinovac, e 7 dias caso tenha tomado a Astrazeneca ou a Pfizer.

Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 14 dias após o último contato com essas pessoas.

Aqueles que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).

"Neste momento, as pessoas têm medo, e estão com precaução, ficando mais em casa, o que é correto, mas é bom lembrar que precisamos da colaboração dos doadores”.

O Hemocentro está trabalhando com sistema de agendamento para evitar a aglomeração de pessoas. Quem desejar marcar uma data e horário para a coleta, pode contatar pelo telefone 3326 3168. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 11h30min.

 

Rádio Cruz Alta - Aplicativo
UNINTER

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface