Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

RS vai encurtar intervalo da segunda dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer

Publicada em 12/07/2021

  • RS vai encurtar intervalo da segunda dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer

O Rio Grande do Sul vai reduzir o intervalo entre a primeira e a segunda dose de duas vacinas contra a covid-19, decidiram a Secretaria de Estado da Saúde (SES-RS) e os secretários municipais da Saúde em reunião na tarde da segunda-feira (12). A definição foi tomada devido à suspeita de dois casos da variante Delta (com origem na Índia) em investigação no Estado - o resultado deve sair até o fim da semana. 

A AstraZeneca e a Pfizer terão intervalo reduzido de 12 semanas para 10 semanas. A medida vale para todos que já receberam os imunizantes e para os futuros vacinados. Não haverá alteração para a CoronaVac, que permanece com 28 dias entre as aplicações. A Janssen é de apenas uma injeção. 

A mudança vale a partir desta terça-feira (13), segundo o presidente do Conselho dos Secretários Municipais da Saúde (Cosems-RS), Maicon Lemos. A SES organiza-se para enviar mais doses destes imunizantes a partir de quarta-feira (14) aos municípios, mas aqueles que tiverem em estoque já podem aplicar a partir desta terça. 

Segundo Lemos, a decisão do RS "segue orientações de vários pareceres científicos" e o "consenso de preservar vidas". Ele afirma que a informação foi submetida ao Ministério da Saúde, que "deve se manifestar em breve."

A decisão vinha sendo estudada desde a semana passada pelo Palácio Piratino.

A mudança ocorre na esteira de Acre, Pernambuco, Ceará, Espírito Santo, Piauí, Sergipe e Alagoas, que optaram, nos últimos dias, por diminuir o tempo necessário para que a população tome a segunda dose.


Fonte: Governo RS

Coxilha Nativista 2
Coxilha Nativista 3
LIVE COXILHACoxilha Nativista 1

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface