Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Hospital São Vicente de Paulo recebe doação de R$ 10 mil arrecadado em leilão

Publicada em 09/10/2019

  • Hospital São Vicente de Paulo recebe doação de R$ 10 mil arrecadado em leilão

No início da tarde desta terça-feira (8), o Hospital São Vicente de Paulo de Cruz Alta recebeu através da Campanha Abrace o São Vicente, a doação de R$ 10 mil referente ao valor arrecadado no leilão da faca doada pelo renomado cuteleiro gaúcho Don Cássio Selaimen.


O leilão foi realizado na sexta-feira dia 27 de setembro, dentro das comemorações do 34º aniversário do Cambará Remates, tradicional empresa leiloeira que desde 1985 presta serviços na área da pecuária. A iniciativa foi uma parceria de Don Cássio Selaimen, Policia Civil de Cruz Alta e Cambará Remates.


Durante o tradicional e festivo evento, a faca foi arrematada pelo Cambará Remates ao valor de R$ 3.500,00. Em seguida, os representantes do Cambará Remates, além de adquirir a faca no leilão, decidiram fazer uma rifa e comercializar os números com o público presente, para angariar mais recursos ao hospital. Essa iniciativa possibilitou no fim do evento, a arrecadação de R$ 10.000,00 que serão utilizados na reforma de leitos hospitalares.


Para o diretor administrativo do HSVP, Roger Esteves a colaboração da comunidade é fundamental para a manutenção dos atendimentos. “Neste período de crise que os hospitais filantrópicos e as Santas Casas enfrentam, a contribuição da comunidade, das entidades e empresas são fundamentais para mantermos o pleno funcionamento do hospital. Gostaria de agradecer a iniciativa da Polícia Civil de Cruz Alta e do Cambará Remates, assim como fazer um reconhecimento pela sensibilidade de Don Cássio que gentilmente disponibilizou a faca para o leilão. Esse recurso obtido através do leilão vai nos oportunizar a reforma e manutenção de alguns leitos de internação, permitindo a eficiência e humanização do atendimento, mas principalmente o bem-estar de nossos pacientes”, concluiu o diretor.


A entrega do valor arrecadado no leilão foi realizada pelo delegado da Polícia Civil de Cruz Alta, Josuel Muniz e pelo representante do Cambará Remates, Miguel Sobiesiak Kensy.


O delegado da Polícia Civil Josuel Muniz falou sobre a iniciativa da ação em prol do Hospital São Vicente de Paulo. “Agradeço aos colegas da Polícia Civil e ao Cambará Remates que compraram essa ideia e auxiliaram nesta ação simbólica, mas de coração. Também preciso fazer um agradecimento ao Don Cássio que nos disponibilizou esta faca para o leilão. Eu especialmente tenho uma dívida de gratidão com o hospital e através desta iniciativa, quero estimular que outras pessoas ou empresas também possam abraçar o São Vicente. Os desafios do nosso hospital são enormes, mas a nossa disposição em enfrentá-los é ainda maior”, destacou o delegado.


Participaram da solenidade representantes do Hospital São Vicente de Paulo; da Associação das Damas de Caridade; da Campanha Abrace o São Vicente; da Liga de Combate ao Câncer e da Polícia Civil de Cruz Alta.


Relembre a história:


Um caso que repercutiu na mídia e foi manchete dos principais veículos de comunicação do estado e do país, teve o seu desfecho em 2018. No dia 20 de abril, uma operação da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Cruz Alta, coordenada pelo delegado Josuel Muniz, apreendeu um punhal avaliado em cerca de R$ 25 mil, usado na gravação do filme “O Tempo e o Vento”, que havia desaparecido durante a produção.


A peça foi produzida por Don Cássio Selaimen, um dos mais tradicionais cuteleiros do Brasil, com aço damasco, para ser utilizado por um dos personagens do filme baseado na obra de Érico Veríssimo. O artefato deveria ir a leilão após as filmagens, porém o seu desaparecimento foi um grande suspense, e o mistério desvendado após cinco anos. O valor arrecadado no leilão seria destinado para a UTI Neonatal da Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre.


Após o desfecho e a elucidação do caso, o delegado Josuel Muniz e sua equipe se deslocaram ao município de Porto Alegre para fazer a devolução do artefato ao proprietário. Durante a visita a Don Cássio, Josuel conversou sobre a possibilidade da doação de alguma peça para leilão beneficente em prol do Hospital São Vicente de Paulo. Don Cássio Selaimen, prontamente se colocou à disposição e fez a doação de uma faca, denominada “Maestro Saldanha”, especialmente para ser leiloada em prol do hospital.


Campanha Abrace o São Vicente


A Campanha “Abrace o São Vicente” foi criada em junho de 2015, tendo como objetivo sensibilizar e mobilizar a sociedade de Cruz Alta e região a prestar auxílio e criar soluções que permitissem amenizar os problemas enfrentados pelo Hospital São Vicente de Paulo. A ideia inicial era que a campanha durasse até o mês de dezembro de 2015.


Durante estes quatro anos de campanha, a participação da comunidade, das entidades e das empresas foi essencial para a manutenção da campanha, mas principalmente para o funcionamento da instituição.


Através da campanha já foram realizadas as reformas de sete enfermarias destinadas aos pacientes do Sistema Único de Saúde; assim como as reformas do bloco cirúrgico; do hall de entrada; pintura externa do prédio; colocação de toldo e reforma do Pronto Atendimento.


A assistente social do HSVP e representante do movimento Abrace o São Vicente, Fátima Bronzatti falou sobre a importância das doações. “É importante ter ao nosso lado entidades e empresas com credibilidade e que acreditam na nossa luta em melhorar a estrutura do nosso hospital e o atendimento prestado aos nossos pacientes. Somos gratos pela iniciativa e ajuda da Polícia Civil e do Cambará Remates nesta importante ação em prol do hospital. Temos cuidado e respeito com as doações que recebemos da comunidade, das empresas e entidades que ajudam o nosso hospital. Esse recurso obtido através do leilão será utilizado na aquisição de materiais de construção que serão destinados para a reforma dos leitos de internação”, destacou a representante da campanha.


Em setembro de 2015 foi sancionada a Lei Municipal Nº 2.661/15, que estabeleceu junto às empresas locais o Programa Troco Solidário, permitindo que empresas e estabelecimentos comerciais pudessem arrecadar junto aos seus clientes o troco de suas compras em benefício às entidades cadastradas no programa. A partir desta lei o HSVP foi à primeira entidade filantrópica a integrar o programa.


Hoje a doação destinada pela comunidade através do Troco Solidário, permite a compra de alimentos que são destinados à alimentação dos pacientes internados no hospital, garantindo uma dieta equilibrada e o atendimento humanizado.

Fonte: ASCOM HSVP

Anuncie conosco
(55) 3322-7222
© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface