Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Mais de 1300 famílias são beneficiárias do Programa Bolsa Família em Cruz Alta

Publicada em 01/10/2019

  • Mais de 1300 famílias são beneficiárias do Programa Bolsa Família em Cruz Alta

Em Cruz Alta, há 1.347 famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família. Essas famílias equivalem, aproximadamente, a 5,23% da população total do município, e inclui 82 famílias que, sem o programa, estariam em condição de extrema pobreza. No mês de agosto de 2019 foram transferidos R$ 175.052,00 às famílias do Programa e o benefício médio repassado foi de R$ 129,96 por família.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda que atende famílias em situação de extrema pobreza e pobreza, identificadas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.Atualmente, são elegíveis ao PBF, as famílias que tenham cadastros atualizados nos últimos 24 meses e renda mensal, por pessoa, de até R$ 89,00. Ou renda mensal, por pessoa, de R$ 89,01 a R$178,00, desde que possuam crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos em sua composição.

Quando uma família entra no programa, ela e o poder público assumem compromissos para garantir o acesso de suas crianças e adolescentes à saúde e à educação. Esses compromissos são conhecidos como condicionalidades. São elas:

• crianças menores de 7 anos devem ser vacinadas e ter acompanhamento de peso e altura;

• gestantes precisam fazer o pré-natal;• crianças e adolescentes de 6 a 15 anos devem ter frequência escolar mínima de 85% a cada mês;

• adolescentes que recebem o BVJ devem ter frequência escolar mínima de 75%.

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo FederalO Cadastro Único é a base de dados do Governo Federal onde estão registradas as informações socioeconômicas das famílias de baixa renda domiciliadas no território brasileiro, que são aquelas que possuem renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa.

O governo federal utiliza os dados do Cadastro Único para conceder benefícios e serviços de programas sociais, como: Tarifa Social de Energia Elétrica, Benefício de Prestação Continuada (BPC), Programa Bolsa Família, entre outros.Os dados do Cadastro Único também podem ser utilizados para o mapeamento das vulnerabilidades locais, o planejamento das ações e a seleção de beneficiários dos programas sociais geridos pelo município.

O município já vem realizando as atividades de cadastramento e possui (junho de 2019):·5.513 famílias inseridas no Cadastro Único;·4.441 famílias com o cadastro atualizado nos últimos dois anos;·3.683 famílias com renda até meio salário mínimo; e·2.894 famílias com renda até meio salário mínimo com o cadastro atualizado.

Fonte: Ascom Prefeitura de Cruz Alta

Anuncie conosco
(55) 3322-7222
© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface