Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Brumadinho: Número de vítimas identificadas sobe para 250, diz Polícia Civil

Publicada em 30/09/2019

  • Brumadinho: Número de vítimas identificadas sobe para 250, diz Polícia Civil

A Polícia Civil informou, na noite deste domingo (29), que mais uma vítima da tragédia da Vale foi identificada. Com isso, segundo a instituição, o número de mortes confirmadas sobe para 250. As buscas seguem por 20 desaparecidos.

Segundo a polícia, trata-se de um homem. O nome da vítima, porém, ainda não foi divulgado.

A identificação foi feita por meio da arcada dentária.O rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão completou oito meses no dia 25 de setembro. Ao todo, o desastre deixou 270 vítimas, entre mortos e desaparecidos. De acordo com o último balanço das autoridades, 250 mortes foram confirmadas, e as buscas seguem por 20 pessoas.

O corpo foi localizado em uma área chamada pelos militares de remanso 4. Segundo o tenente-coronel Fábio Daldegan, comandante do 1º Batalhão, a região fica a cerca de 5 km da barragem. Nessa frente de trabalho, atuavam nove militares dos cerca de 140 que estão em campo.

De acordo com o tenente-coronel, o corpo estava a cerca de 2 metros de profundidade. Segundo ele, no momento da localização, não foi possível verificar se trata-se de um corpo feminino ou masculino, nem se a arcada dentária está preservada. Já no início da noite, a Polícia Civil disse que os retos mortais são de um homem.

Para o militar, localizar um corpo mais íntegro é algo bastante gratificante para os militares.

“A gente fala que são 21 joias ainda que nós temos que buscar incessantemente. Quando a gente encontra um corpo mais integro é muito importante até para confirmar que estamos no caminho certo. Dá até um novo ânimo para a tropa”, afirmou.

A última vítima identificada foi João Paulo Ferreira Amorim, de 31 anos. O corpo foi localizado cerca de um mês atrás, no dia 30 de agosto.

Daldegan afirmou que a meta do Corpo de Bombeiros é que todos os desaparecidos sejam encontrados. "Quando começar a chover, vamos ter que traçar outras estratégias, mas nossa intenção não é parar", disse.


Fonte: G1

AUTO PANANMBI
Anuncie conosco
(55) 3322-7222
© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface