Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Criança supostamente agredida em EMEI teve lesão no braço, aponta laudo

Publicada em 30/09/2019

  • Criança supostamente agredida em EMEI teve lesão no braço, aponta laudo

Foi liberado para nossa equipe na manhã desta segunda-feira, 30 de setembro, o resultado do laudo pericial que trata do caso da criança supostamente agredida em uma Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI), de Cruz Alta. De acordo com a descrição, o exame de corpo de delito aconteceu no início da tarde de 25 de setembro, apenas um dia após o registro ser efetuado pela avó da criança, que por sua vez, declarou à Polícia Civil que a criança teria sido agredida, sendo "soqueada e jogada embaixo de uma cadeira, fazendo com que a mesma batesse a cabeça e marcas nos braços", durante o período de aula. A agressão teria sido cometida por uma monitora*. Ainda na ocorrência, a avó relata que a criança não fala, pois possui problemas mentais. O fato teria acontecido na terça-feira, 24.

De forma técnica, o laudo concluiu que houve ofensa à integridade corporal ou a saúde da criança, e que há uma lesão superficial de escoriação no punho e antebraço, próximo ao cotovelo. A lesão contundente, pode ter sido causada, por exemplo, por um soco, um tapa com força, um aperto nos braços, feito com mãos fortes. De acordo com o Delegado Josuel Muniz, que acompanha o caso, estão sendo ouvidas as testemunhas. A monitora será interrogada esta semana. 


Leia mais clicando aqui.

Fonte: Bianca Conrad - Jornalismo Grupo Pilau de Comunicações

Anuncie conosco
(55) 3322-7222
© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface