Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Cruz Alta registra aumento de 66% nos óbitos por doenças respiratórias

Publicada em 27/01/2021

  • Cruz Alta registra aumento de 66% nos óbitos por doenças respiratórias

O receio das pessoas frequentarem hospitais ou mesmo realizarem tratamentos de rotina durante a pandemia, assim como a falta de leitos em momentos críticos da COVID-19 no Brasil, fez com que o número de mortes por doenças respiratórias em domicílio disparasse no município de Cruz Alta quando se comparam os anos de 2019 e de 2020, registrando um aumento de 66,6%. Entre as doenças deste tipo, a Insuficiência Respiratória cresceu 25%.

Segundo os dados do Portal da Transparência http://transparencia.registrocivil.org.br/inicio, plataforma administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), os óbitos registrados pelos Cartórios de Cruz Alta em 2020 totalizaram 641.

O número de óbitos registrados em 2020 pode aumentar ainda mais, uma vez que os prazos para registros chegam a prever um intervalo de até 15 dias entre o falecimento e o lançamento do registro no Portal da Transparência. Além disso, alguns estados brasileiros expandiram o prazo legal para registro de óbito em razão da situação de emergência causada pela COVID-19.

Os óbitos por Acidente Vascular Cerebral (AVC) em domicílio dispararam em 2020, com registro de crescimento de 40% na comparação com o ano anterior. Os registros de óbitos, feitos com base nos atestados assinados pelos médicos, apontam que três moradores do município morreram de COVID-19 em suas casas, no ano de 2020. Já em nível estadual, os óbitos em domicílio cresceram 14,4% no mesmo período comparativo, aumentando em 20,8% as mortes por doenças respiratórias, como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), 150%, e Septicemia, 18,3%. De acordo com os atestados médicos, 582 gaúchos morreram de COVID-19 em suas casas. No estado, os óbitos por Causas Cardíacas fora de hospitais tiveram alta de 15,4% em 2020, com aumento de Causas Cardiovasculares Inespecíficas (24,6%), AVC (19,8%) e Infarto (4,7%).


Fonte: Arpen/RS

UNINTER
NET FACE
prumo condominios

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface