Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Operação Forasteiros desarticula grupo criminoso em Tupanciretã

Publicada em 11/12/2020

  • Operação Forasteiros desarticula grupo criminoso em Tupanciretã

No início da manhã desta sexta-feira (11), a Polícia Civil cumpriu 28 ordens judiciais, sendo 09 mandados de prisão preventiva, 06 mandados de prisão temporária e 13 mandados de busca e apreensão. Em Tupanciretã foram cumpridos 06 mandados de prisão preventiva, 06 mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão.

Na Penitenciária Estadual de Santa Maria (PESM) foram cumpridos 02 mandados de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão. Já no Presídio Estadual de Sarandi foram cumpridos um mandado de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão.

O objetivo da operação foi desarticular rede de tráfico de drogas existente nesta cidade, a qual é comandada por um apenado na penitenciária Estadual de Santa Maria. O líder utiliza sua companheira para gerenciar pontos de tráfico nesta cidade, entre outras atribuições.

As investigações começaram em maio deste ano e se vislumbrou que o chefe da organização, apenado na PESM e natural de Júlio de Castilhos, além de comandar diversos pontos de tráfico de drogas nesta cidade, também planeja roubos e furtos, bem como comete estelionatos (golpes dos nudes) e extorsões de vítimas de seus golpes com o objetivos de capitalizar sua organização para a compra de drogas.

Em agosto deste ano, um roubo a propriedade rural em Júlio de Castilhos, onde seria subtraído um trator e o chefe da organização já havia contratado um guincho de Santa Maria para transporte, restou frustrado em virtude desta investigação. Na ocasião foram presos em flagrante quatro indivíduos. O trator seria levado para a fronteira com a argentina para ser trocado por droga para ser vendida em Tupanciretã.

O apenado também comete estelionatos - o chamado "golpes dos nudes", em que se passa por um falso policial civil que promete trancar suposta investigação por pedofilia em troca da vítima efetuar depósitos de valores em contas de laranjas. Uma das contas utilizada pertence a sua companheira que mora em Tupanciretã e já foi presa por tráfico de drogas no ano passado.

Outrossim, o apenado possui relação de subordinação com um apenado do Presídio Estadual de Sarandi, pois precisa repassar relatórios frequentes. Conforme apurado na investigação, o apenado do Presídio de Sarandi é líder no Rio Grande do Sul de uma facção paulista de abrangência nacional.

Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidos: mais de oito quilos e meio de drogas (entre maconha, cocaína e crack); celulares; quatro motocicletas e dois automóveis; balanças; petrechos para embalar drogas; mais de seis mil reais em dinheiro fracionado; aparelhos celulares; cadernos de anotações, entre outros objetos.

O chefe da organização possui antecedentes policiais por furto simples (duas vezes), receptação, roubo majorado (NOVE vezes), roubo majorado na forma tentada, furto qualificado (três vezes), dano qualificado (três vezes), coação no curso do processo (duas vezes), porte de arma de fogo (duas vezes), lesão corporal (duas vezes), resistência, desacato (duas vezes), furto majorado, falsa comunicação de crime, associação criminosa armada (duas vezes), falsidade ideológica (duas vezes), ameaça (duas vezes), extorsão, falsa identidade (três vezes), injúria, estelionato, falso testemunho, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, organização criminosa, tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Após os procedimentos de praxe na Delegacia de Polícia, os homens foram encaminhados ao Presídio Estadual de Júlio de Castilhos e as mulheres foram encaminhadas ao Presídio Regional de Santa Maria, onde ficarão à disposição da Justiça.

A ação foi coordenada pelo Delegado Adriano Winkelmann De Rossi, titular da DP/Tupanciretã e contou com o apoio de mais 70 policiais e 21 viaturas das Delegacias da 3ª Região Policial (Santa Maria) e da 5ª Região Policial (Cruz Alta), da Superintendência dos Serviços Penitenciários (SUSEPE) e da Brigada Militar - equipe com cães.

Fonte: Policia Civil

Confira outras imagens

  • Operação Forasteiros desarticula grupo criminoso em Tupanciretã
prumo condominios
UNINTER
TAVOLA ASSESSORIA IMOBILIARIA

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface