Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Cruz Alta elabora carta de intenção para receber o PECIM

Publicada em 13/09/2019

  • Cruz Alta elabora carta de intenção para receber o PECIM

Nesta quinta-feira (12), o presidente da ACI Darci Martins, juntamente com o Vice-Presidente de Planejamento, Fernando Pedroso, foram juntamente com os Vereadores Vinicius Carvalho, Dra. Paula, Professor Paulo Moraes, Airton Lencina, Matheus Amaral e Joca Bonaldi ao Poder Executivo do município para debater o decreto nº 10.004, do Presidente da República que Institui o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares – Pecim

“precisamos implementar este Programa em Cruz Alta. Pois a compreendemos que a educação é um dos pilares para o desenvolvimento de uma população,” comentou o Presidente da ACI, Darci Martins. 

O Ministério da Educação, está visando um novo modelo que será instalado sob demanda em cidades do país e pretende resgatar a disciplina e a organização, principalmente nas escolas públicas de maior vulnerabilidade social. A implementação do modelo depende de demanda das Secretarias de Educação. Elas é que devem procurar o MEC e apontar quais escolas poderiam receber o projeto da Pecim. O modelo será adotado por meio de adesão. Quem vai aderir será a comunidade escolar, o ente federado e a secretaria de Educação. Todos os fatores precisam estar alinhados para isso acontecer. 

O Prefeito em Exercício, Everlei Martins vai elabora um documento para remeter aos órgãos competentes afirmando que Cruz Alta tem o interesse em desenvolver o Programa em uma das Escolas e ressalta “está é uma demanda da comunidade, mas será amplamente debatido pela comunidade Escolar sua viabilidade, os próximos passos que necessitam ser dado para avançarmos neste sentido, seria importante desenvolver um programa como este em comunidades onde o desrespeito aos professores perdeu o controle, contribuir também para a redução da evasão, da repetência e do abandono escolar, redução dos índices de violência nas escolas públicas, entre outros,” afirmou o Prefeito em Exercício Everlei Martins. 

O prazo para adesão da Pecim é até dia 27 de setembro A proposta é implantar 216 Escolas Cívico-Militares em todo o país, até 2023, sendo 54 por ano. adesão voluntária pelos Estados e Municípios, tendo como primeiro marco a implantação do projeto-piloto em 2020. Poderão aderir ao Programa: o Distrito Federal e os Estados que possuam escolas que atendam aos critérios a seguir:

Escola em situação de vulnerabilidade social e com baixo desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB);

Escola que ofereça as etapas Ensino Fundamental II e/ou Médio e, preferencialmente, atenda de 500 a 1000 alunos nos dois turnos;

Escola que possua a aprovação da comunidade escolar para a implantação do modelo.

As escolas que desejarem participar do Programa precisarão manifestar interesse junto à sua secretaria de educação, que conduzirá um processo de escolha.

Nos estados em que não houver adesão, serão selecionados municípios voluntários para aderirem ao Programa. Mais informações acesse www.escolacivicomilitar.mec.gov.br


Fonte: Ascom Câmara

Anuncie conosco
(55) 3322-7222
© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface