Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Decretada prisão preventiva de suspeito de ter matado entregador de gás em RG

Publicada em 25/07/2020

  • Decretada prisão preventiva de suspeito de ter matado entregador de gás em RG

A prisão preventiva do suspeito de ter matado um homem após o atropelamento de uma criança em Rio Grande, no Sul do RS, foi decretada pelo juiz Fernando Carneiro da Rosa Aranalde, em despacho com data de quinta-feira (23).

Márcio André da Conceição Loureiro foi linchado e morto na quarta-feira (22), após o caminhão de gás em que ele estava na carona atingir acidentalmente a menina, de 7 anos. A criança é irmã do homem que atirou em Márcio. Ela foi hospitalizada e passa bem.

Segundo a decisão, o suspeito relatou à polícia que atirou contra Márcio para "assustá-lo". " Não se descura da atual situação de saúde pública, bem assim da Recomendação nº 62/2020 do CNJ que recomendou a máxima excepcionalidade de novas ordens de prisão. Todavia, na hipótese, as circunstâncias do fato demonstram a adequação e necessidade da prisão cautelar", afirma o juiz.

Aranalde menciona que o suspeito "lançou-se á prática de justiçamento, executando a vítima (que, ao que se extrai do expediente, sequer eve responsabilidade pelo possível atropelamento) por vingança, após severamente agredida, sem chance de defesa portanto". O suspeito respondeu por atos infracionais análogos a homicídios quando era menor, segundo a polícia. Ele tem 18 anos. A polícia tenta identificar outros envolvidos nas agressões. Além disso, estão sendo analisadas imagens que foram publicadas nas redes sociais e cenas que mostram o caminhão em que Márcio e o colega estavam sendo saqueado após o acidente. 



Fonte: G1

ROSMER PALACE HOTEL

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface