Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Operação Harpócrates é realizada em Tupanciretã e cumpre 07 mandados de prisão

Publicada em 23/07/2020

  • Operação Harpócrates é realizada em Tupanciretã e cumpre 07 mandados de prisão

Nesta quinta-feira (23), a Polícia Civil deflagrou a operação Harpócrates no município de Tupanciretã, com o objetivo de efetuar a prisão temporária de três indivíduos envolvidos na morte e ocultação de um homem de 50 anos no bairro Pedreira 2 no início do mês passado.

Estão sendo cumpridas 7 (sete) ordens judiciais, entre 3 (três) mandados de prisão temporária e 4 (quatro) mandados de busca e apreensão na cidade de Tupanciretã.

Conforme as investigações, em 06 de junho, por volta das 20h, um homem de 50 anos, foi morto com ao menos três disparos de arma de fogo; dois dias depois, o corpo teria sido levado até uma sanga, próxima do local em que foi morto, e foi parcialmente queimado.

A motivação seria em virtude do histórico da vítima em ser contumaz autor de delitos patrimoniais bem como relacionada ao tráfico de drogas.

O homem responsável pelo disparos não foi localizado; já os outros dois foram responsáveis pela ocultação e queima do corpo. As duas prisões temporárias ocorreram no bairro Pedreira 2 e possuem prazo de 30 dias. Um dos presos tem 38 anos e antecedentes policiais por estupro de vulnerável, porte ilegal de arma de fogo e lesão corporal; já o outro tem 60 anos e antecedentes policiais por furto simples (dez vezes), homicídio em legítima defesa, homicídio na forma tentada (duas vezes), furto qualificado (três vezes), lesão corporal (quatro vezes) e roubo majorado (quatro vezes).

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão no bairro Pedreira 2, foram apreendidos em uma residência pertencente ao foragido e que estava seu filho: 37 (trinta e sete) pedras de crack; e, R$ 83,45 (oitenta e três reais) em dinheiro fracionado.

O homem de 21 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas e possui antecedentes por roubo majorado (cinco vezes), furto qualificado, porte de arma de fogo, receptação e homicídio na forma tentada.

A operação contou com o apoio das Delegacias de Polícia de Júlio de Castilhos, 2ª e 3ª Delegacias de Santa Maria e Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Santa Maria.

Fonte: Policia Civil

ROSMER PALACE HOTEL

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface