Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Quais as diferenças entre bandeira preta e lockdown

Publicada em 21/07/2020

  • Quais as diferenças entre bandeira preta e lockdown

Ainda não existe um protocolo estabelecido para a eventual decretação das restrições mais rígidas em alguma cidade do Rio Grande do Sul. O agravamento da pandemia no Estado e a ameaça de uma restrição ainda maior à circulação de pessoas suscitam dúvidas sobre as diferenças entre a bandeira preta, o mais rigoroso modelo de distanciamento social estabelecido pelo governo do Estado, e um eventual lockdown. Embora não haja um protocolo específico concebido para lockdown no Rio Grande do Sul, é possível estabelecer algumas simetrias. Confira:

Bandeira preta - No serviço público, apenas atividades de segurança, saúde, coleta de lixo, tratamento de água e esgoto, bem como fiscalização, atuam com 100% das equipes. Nos serviços em geral, apenas funerários, operadores de telecomunicações e tecnologia da informação trabalham com capacidade máxima.  Praticamente todo o comércio fecha, funcionando apenas os serviços essenciais, como farmácias, supermercados e postos de combustível, os dois últimos com 50% dos trabalhadores e entrada restrita. Restaurantes só podem operar com tele entrega e no sistema pegue e leve, com 25% dos funcionários. Hotéis têm apenas 30% dos quartos. Todo o transporte público tem restrições. A indústria atua com até 75% da capacidade, desde que em ações emergenciais relacionadas à pandemia. Outros setores têm restrição de até 75% no emprego de mão-de-obra.

Lockdown- Ainda não há uma normativa oficial para guiar um eventual fechamento da Capital ou do Estado. A prefeitura de Porto Alegre e o Palácio Piratini não estabeleceram parâmetros mais rigorosos do que os estabelecidos em bandeira preta. Todavia, onde foi decretado o lockdown funcionou basicamente com um conceito: é proibido sair à rua. São raras as exceções. Trabalhadores só podem sair de casa se atuar em atividades consideradas essenciais. Praticamente toda a atividade econômica é paralisada e o transporte público, bloqueado. Viagens são suspensas e as cidades passam a ter rigoroso controle de fluxo para quem chega e quem vai embora. Para a população em geral, é permitida apenas circulação de quem estiver indo comprar mantimentos ou tiver de sair de casa por razão de saúde. A fiscalização torna-se mais rigorosa e implacável, com multas pesadas a quem descumprir as regras de confinamento.  

Fonte: Gaúcha ZH

UNINTER
prumo condominios
ROSMER PALACE HOTEL

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface