Estamos Ao Vivo
Estamos Ao Vivo
Grupo Pilau

Mais de 1200 Kits de Alimentação serão distribuídos a alunos da rede municipal

Publicada em 12/05/2020

  • Mais de 1200 Kits de Alimentação serão distribuídos a alunos da rede municipal

A distribuição da terceira remessa de Kits de Alimentação para os alunos da rede municipal de Cruz Alta iniciou na manhã desta terça-feira (12). A ação contemplará mais de 1200 alunos em situação de vulnerabilidade social, visando garantir a segurança alimentar no período de suspensão das aulas causada pela pandemia do novo Coronavírus. Além da equipe da Administração Municipal e Secretaria Municipal de Educação que trabalha na organização, compras dos alimentos e montagem das cestas, os Diretores, Professores e Equipes das escolas estão envolvidos, trabalhando intensamente e direcionando seus esforços para auxiliar a comunidade neste momento difícil.

Os critérios para a distribuição obedecem 3 pré-requisitos. Estão aptos a receber os alimentos crianças cujas famílias estão inscritas no Programa Bolsa Família, de acordo com registro já existente e analisados pela equipe da SME; crianças de famílias que constam no CadÚnico, conforme dados da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, e que ainda não receberam o Auxílio Emergencial do Governo Federal –R$600,00, no mínimo; e Crianças de famílias que ainda não estão inscritas no CadÚnico, mas que a direção da Escola constata que estarem em situação de necessidade.

“Vivemos um tempo em que nada é mais importante do que cuidar da vida. Isso é uma responsabilidade nossa, professores, pais, gestores, trabalhadores em qualquer área. As crianças são os que mais precisam de nós. Zelemos por elas, pelo seu presente. O que virá depois está sendo redesenhado. Solidariedade é o grande norte para nos mantermos vivos e ativos”, afirma a Secretária de Educação Dr.ª Elizabeth Fontoura Dorneles. Aproximadamente 40% da merenda oferecida nas escolas municipais de Cruz Alta é produzida pela Agricultura Familiar, tanto por ser uma regulamentação, quanto pela origem que garante a qualidade desses alimentos e a preocupação com a renda das famílias do campo. Considerando a pandemia e a situação de estiagem que prejudica ainda mais o setor, esses produtos foram acrescentados no terceiro kit de alimentos. Paulo Rodrigues é um dos fornecedores, e ressalta a importância da venda para a alimentação escolar. “Nós plantamos já contando com a venda para as escolas. A estiagem e o Coronavírus estão prejudicando nossa renda e corremos o risco de perder nossa produção na lavoura, sem ter para quem vender. Essa compra da Secretaria de Educação para distribuir para os alunos está sendo muito importante para nós também”, destacou o produtor.

As cestas distribuídas para os alunos contém achocolatado, açúcar, arroz, extrato de tomate, farinha de milho, farinha de trigo, feijão, leite em pó, leite UTH, macarrão, óleo de soja, amido de milho, alho, banana caturra, batata doce, beterraba, biscoito manteiga, cebola, cenoura, couve folha, laranja, mandioca, uma dúzia de ovos, repolho e tomate. Para garantir a qualidade dos produtos perecíveis que fazem parte do kit, a entrega foi antecipada. Os alimentos foram selecionados cuidadosamente pela Nutricionista da SME Patricia Daltrozo, que ressaltou a importância de manter a alimentação saudável para as crianças. “Através da distribuição dos kits, procura-se garantir o acesso dos alunos a alimentos saudáveis, frescos e seguros do ponto de vista higiênico sanitário. Garantir que durante o período da pandemia sejam mantidos no cardápio alimentos que assegurem o aporte energético e nutricional mantendo a imunidade adequada” declarou Patrícia.

Toda a distribuição de alimentos para os alunos é uma ação que conta com a orientação e autorização do Conselho de Alimentação Escolar (CAE). Além disso, foi sancionada no dia 7 de março, a Lei 13.987/2020 que autoriza, em caráter excepcional, durante o período de suspensão das aulas em razão de situação de emergência ou calamidade pública, a distribuição de gêneros alimentícios adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) aos pais ou responsáveis dos estudantes das escolas públicas de educação básica.

Como os kit são voltados para suprir a falta da merenda na alimentação das crianças, as famílias que ainda necessitarem de alimentos são orientadas à entrar em contato com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social através dos CRAS, para efetuarem seu cadastro para recebimento de cestas básicas. O número de telefone para contato da SMDS é (55) 3324-2863, do CRAS Sol (55) 3324-2863 e do CRAS Mãe (55) 3322-9482.

Fonte: Secretaria de Educação de Cruz Alta

Confira outras imagens

  • Mais de 1200 Kits de Alimentação serão distribuídos a alunos da rede municipal
  • Mais de 1200 Kits de Alimentação serão distribuídos a alunos da rede municipal
  • Mais de 1200 Kits de Alimentação serão distribuídos a alunos da rede municipal
  • Mais de 1200 Kits de Alimentação serão distribuídos a alunos da rede municipal
  • Mais de 1200 Kits de Alimentação serão distribuídos a alunos da rede municipal

Anuncie conosco


(55) 3322-7222

© 2019 Grupo Pilau. Todos os direitos reservados.
Portal produzido pela Netface